Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 26 Fevereiro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Papa fará primeiro voo em nova companhia aérea italiana, ITA

AIRPORT

Cineberg | Shutterstock

J-P Mauro - publicado em 30/11/21

A Alitalia transportou os papas ao redor do mundo desde 1964 até seu fechamento em outubro de 2021

Em 15 de outubro de 2021, a companhia aérea italiana Alitalia foi forçada a fechar devido à falência. O dia marcou o fim de uma colaboração de 57 anos entre a companhia aérea e a Santa Sé. A Alitalia transportou pontífices ao redor do mundo desde o papado de Paulo VI. Agora, o Papa viajará pela nova companhia aérea estatal, ITA, que o levará a Chipre em dezembro.

De acordo com o site Aviaci Online, o “voo especial” decolará em 2 de dezembro e levará cerca de três horas. A aeronave será um Airbus convencional, e as acomodações serão semelhantes às da Alitalia. Não houve indicação se a ITA continuará a tradição da Alitalia de dar aos voos papais o código de “Shepherd One”. O Papa Francisco se juntará em sua viagem à sua comitiva e a membros da imprensa.

Ao site Aerotime, o CEO da ITA, Fabio Maria Lazzerini, expressou sua expectativa com o primeiro voo papal da nova companhia aérea:

É uma honra e um grande orgulho para nós acompanharmos o Santo Padre em sua viagem ao Chipre. Somos uma empresa que coloca a sustentabilidade no centro de sua estratégia e esta é mais uma razão para estar feliz em transportar o Santo Padre, que constantemente lembra esses valores em suas palavras. Começamos nossas operações de voo há pouco mais de um mês e todos os dias trabalhamos para ser uma companhia aérea eficiente e inovadora, representando nosso país em todo o mundo.

Este será apenas o segundo voo internacional do Papa Francisco desde o início da pandemia. Em março de 2021, ele voou para Bagdá para a primeira visita papal ao Iraque. Essa viagem de ida e volta também marcaria a última vez que um papa voaria pela Alitalia.

A próxima viagem levará o Papa Francisco para fora de Roma por cerca de cinco dias. Os primeiros três dias serão no Chipre, onde a CNA relata que ele passará a maior parte do tempo na capital Nicósia. De lá, o Santo Padre viajará para Atenas e, finalmente, para a ilha de Lesbos, antes de voltar para a Cidade do Vaticano.

O logotipo da viagem do Papa à Grécia é “um navio atravessando as águas turbulentas do nosso mundo, com a cruz de Cristo como seu mastro e suas velas impulsionadas pelo vento do Espírito Santo”, afirmou um comunicado divulgado pelo Vaticano em 5 de novembro.

“Enquanto a Grécia sente os efeitos da pandemia e da recente crise financeira, o lema expressa a esperança de que a visita do Papa traga um raio de luz para o futuro da Grécia, um país de fé profundamente enraizada e um passado ilustre”, afirmou o comunicado do Vaticano.

Tags:
Papa FranciscoRefugiadosViagem
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia