Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 27 Janeiro |
Beato Jorge Matulaitis 
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

União Europeia recomenda que funcionários evitem a palavra “Natal”

PAROLIN

Shutterstock | Pasquale Senatore

Francisco Vêneto - publicado em 01/12/21

Cardeal Pietro Parolin, secretário de Estado da Santa Sé, critica diretrizes da Comissão Europeia: "contrárias à realidade"

Através da sua Comissão para uma Comunicação Inclusiva, a União Europeia apresentou em 26 de outubro um documento interno de 32 páginas intitulado #UnionOfEquality, no qual recomenda, entre outras diretrizes alegadamente voltadas a “promover a igualdade”, que os funcionários da Comissão Europeia evitem usar a palavra “Natal”.

Em entrevista publicada neste 30 de novembro pelo portal de notícias Vatican News na sua edição italiana, o cardeal secretário de Estado da Santa Sé, dom Pietro Parolin, criticou o documento afirmando que o texto é “contrário à realidade” por tentar ignorar as raízes cristãs da Europa.

Na mesma data, a comissária de igualdade da União Europeia, Helena Dalli, anunciou que as diretrizes estão suspensas porque “claramente precisam de mais trabalho”.

Segundo o diário italiano Il Giornale, o documento orientava os funcionários do braço executivo da União Europeia, explicitamente, a “evitarem pressupor que todos são cristãos”. O texto acrescentava: “Nem todos celebram as festas cristãs e nem todos os cristãos as celebram nas mesmas datas”.

Com essas premissas, o guia de “comunicação inclusiva” operava exatamente o contrário da inclusão que alegava promover, já que excluía de propósito os cristãos em nome de um suposto diálogo que, na verdade, não dialoga com a fé dos cidadãos, mas tenta silenciá-la.

Além de incentivar ativamente a exclusão das referências cristãs, o guia ainda as associava nem tão sutilmente assim a sensações negativas, como no “conselho” aos funcionários para não usarem frases como “o Natal pode ser estressante”, exortando-os a substituí-la por “as festas de fim de ano podem ser estressantes”.

O cardeal Parolin observou que a intenção de evitar a discriminação é correta, mas “este certamente não é o caminho para atingir tal objetivo, porque se corre o risco de destruir, aniquilar a pessoa, em duas direções principais”, que ele então explicou: a primeira seria a da diferenciação que caracteriza as pessoas; a segunda, a do esquecimento da realidade. Ele acrescentou:

“Sabemos que a Europa deve a sua existência e a sua identidade a muitas contribuições, mas não se pode esquecer que uma das principais, se não a principal, foi precisamente o cristianismo. Destruir a diferença e as raízes significa destruir a pessoa”.

O cardeal mencionou ainda a visita que o Papa Francisco faz nesta semana a Chipre e à Grécia, lugares que são “fontes da Europa”:

“Essa viagem chega na hora certa: é uma viagem que nos remete a essas dimensões fundamentais que não podem ser canceladas. Temos que redescobrir a capacidade de integrar todas essas realidades sem ignorá-las, sem combatê-las, sem eliminá-las e marginalizá-las”.

Tags:
IdeologiaNatalPerseguiçãoPolítica
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia