Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 12 Abril |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Super Chico derrota a Covid-19 pela segunda vez

Super Chico no hospital

Instagram / Dani Guedes Bombini

Ricardo Sanches - publicado em 13/12/21

"Desta vez foi pior", diz mãe do garotinho com Down que emocionou o Brasil e deu mais uma lição de força e esperança

O herói mirim Super Chico voltou a agir contra o inimigo invisível e mundial. O garoto ,que tem síndrome de Down e várias comorbidades, pegou Covid-19 pela segunda vez e superou a doença.

Tudo começou em novembro de 2021 com os sintomas que todos já conhecemos: tosse e dificuldade de respirar, além de um quadro de infecção urinária. O garotinho de cinco anos teve de ser internado. A intubação foi inevitável, já que o estado de saúde dele só piorava.

“Desta vez foi pior, porque da outra vez [em julho de 2020, quando Chico pegou Covid pela primeira vez] ele tinha melhora progressiva. Todo dia era uma notícia boa. Dessa vez não foi desse jeito”, disse Dani Guedes Bombini, mãe de Chico, ao Fantástico.

De acordo com os médicos, a Covid-19 é quatro vez mais letal em portadores da síndrome de Down. O caso de Chico era ainda mais grave, pois ele também tem insuficiência renal crônica, cardiopatia congênita e é dependente de oxigênio.

Mas Chico é mesmo um guerreiro. Ele começou a apresentar melhoras e, depois de 15 dias na ventilação mecânica, os médicos o extubaram. A enfermeira que o acompanhou na UTI revelou ao Fantástico detalhes emocionantes daquele momento. “Quando ele estava voltando da sedação, a mãe dele falava: ‘Volta, Chico, pega a mochila e vamos embora’. Ele dava risada, tentava acordar… É um momento que não dá pra esquecer”.

O pequeno deixou o hospital vestindo uma capa de super herói e sob muitos aplausos dos profissionais de saúde. No Instagram, a mãe dele deu a boa notícia da alta e agradeceu as orações pelo brasileirinho que encantou a todos com seu exemplo de força e esperança. “Mais uma vez, nosso super herói venceu a COVID-19!!!!!!!!! Lutou muuuitoooo! 💪🏻🙏🏻 Aos poucos vou contando! Já estamos em casa e está tudo bem! Ele está feliz demais e nós nem se fale… Obrigada a todos pelas orações e amor infinito, Chico realmente é muito amado!
Gratidão sempre! Chico é inspiração, é esperança, é força, o mais genuíno amor!
Na verdade, todos os lindos sentimentos juntos!

View this post on Instagram

A post shared by Dani Guedes Bombini SUPERCHICO (@daniguedesbombini_superchico)

Mais sobre a história do Super Chico

Super Chico nasceu prematuro, e passou seis meses na UTI neonatal. Foi lá que ele ganhou o apelido de herói. Depois, enfrentou sete cirurgias para tratar de problemas renais, cardíacos e de hipotireoidismo. Foram mais de 10 internações e várias transfusões de sangue. Em 2020, pegou Covid pela primeira vez, passou quatro meses na enfermaria e 13 na UTI de um hospital em Bauru, no interior de São Paulo, onde ele mora.

Seu exemplo de força inspirou muitos pais. Por isso, o pequeno guerreiro virou fenômeno na internet. Hoje, o perfil administrado pela mãe dele tem quase 240 mil seguidores no Instagram.

No ano passado, a Aleteia publicou um testemunho da mãe do garoto. Ela fala sobre o impacto positivo que o filho exerce nas pessoas. Clique aqui para ler.

Tags:
CovidSíndrome de downSuperação
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia