Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 09 Agosto |
Santa Teresa Bendita da Cruz (Edith Stein)
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

5 países historicamente cristãos enfrentam onda anticristã

BROKEN CROSS

Serhii Ivashchuk | Shutterstock

J-P Mauro - publicado em 14/12/21 - atualizado em 13/12/21

Relatório revela que os casos de discriminação e violência anticristã na Europa aumentaram 70% desde 2019

Um novo relatório sobre perseguição religiosa na Europa está chamando a atenção para ataques e discriminação contra cristãos em cinco importantes países da União Europeia. O relatório – “Sob pressão: os direitos humanos dos cristãos na Europa” – é resultado de um estudo de dois anos do Observatório sobre a intolerância contra os cristãos na Europa (OIDAC).

Os dados recolhidos pela OIDAC de 2019 e 2020 mostraram que cinco países historicamente cristãos são agora os mais propensos a infringir a liberdade de crença dos cristãos. As nações identificadas foram França, Espanha, Alemanha, Reino Unido e Suécia.

O relatório de 71 páginas descobriu ainda que os crimes de ódio anticristão aumentaram 70% em toda a Europa nos últimos dois anos.

Ocorrências

Embora o sentimento anticristão esteja aumentando em todo o continente, as cinco nações listadas mostraram a maior prevalência.

Constatou-se que a França e a Alemanha tiveram o maior número de ocorrências, mas os casos foram mais graves na França e na Espanha. O relatório sugere que isso é “devido a uma forma reacionária de secularismo”.

As duas principais “dinâmicas ameaçadoras” que afetam a vida cristã foram identificadas pela pesquisa como intolerância secular e opressão islâmica. Dos dois, a intolerância secular é o elemento com mais forte tendência. O relatório sugere que um fator que contribui para a intolerância secular é o crescente analfabetismo religioso ou a capacidade de compreender uma fé que não é a sua.

A opressão islâmica, por outro lado, é um pouco mais isolada. O relatório observou que em algumas áreas problemáticas, os cristãos convertidos se tornaram um grupo muito vulnerável. O OIDAC sugere que os dados indicam que muitos convertidos enfrentam intolerância e até violência de suas antigas comunidades religiosas. No entanto, pouca pesquisa foi realizada sobre esse público, e sua situação é frequentemente ignorada pelas autoridades.

Discriminação

Os cinco países listados também apresentaram problemas relacionados à proteção da liberdade de expressão e ao direito à objeção de consciência.

No Reino Unido, tem havido uma tendência crescente de processar agentes de discurso religioso como “discurso de ódio”. As taxas de tais procedimentos legais são mais baixas nas outras quatro nações, mas nesses países os cristãos relataram pressão para a “autocensura”.

Durante a pandemia de COVID-19, constatou-se que as igrejas foram repetidamente discriminadas nos cinco países mencionados. Isso foi visto em menor grau em outros países europeus; nestes, no entanto, a tendência geral era de negação à liberdade religiosa. Tal negação à liberdade religiosa veio na forma de proibições desproporcionais de culto e na forma de rebaixamento da prática religiosa como atividade não essencial.

Urgência

O relatório conclui que há uma necessidade urgente de mais pesquisas sobre o assunto. O OIDAC observou que “a religião é uma realidade social” e um imperativo para uma sociedade “estável e saudável”.

De acordo com o Catholic Register, Regina Polak, especialista em sociologia da religião e uma das responsáveis pelo relatório, disse em entrevista coletiva:

“Este é um apelo a uma ação abrangente: em primeiro lugar, é preciso apoiar as vítimas, promovendo medidas de sensibilização e investigação.”

Tags:
EuropaPerseguiçãoViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia