Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 01 Dezembro |
Bem-aventurada Maria Rosa de Jesus
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

França: católicos atacados durante procissão da Imaculada Conceição

Crime

By Ilya Andriyanov | Shutterstock

Zelda Caldwell - publicado em 14/12/21

Um grupo de manifestantes gritava: “Infiéis” e “Wallah [eu juro] pelo Alcorão, cortarei a sua garganta”

Na semana passada, um grupo de católicos franceses que participava de uma procissão mariana anual nos subúrbios de Paris foi atacado verbalmente e ameaçado por manifestantes.

Cerca de 30 paroquianos e clérigos de Nanterre, França, que faziam uma procissão anual na festa da Imaculada Conceição (8 de dezembro), foram confrontados por um grupo de cerca de dez pessoas, informou o Le Figaro.

Os manifestantes insultaram e ameaçaram o grupo de católicos, chamando-os de “infiéis”. Le Figaro relatou que Jean-Marc Sertillange, um diácono da paróquia, publicou um relato do ataque:

“Nossa procissão, que acontece todos os anos no dia 8 de dezembro, na festividade da paróquia, era da igreja de São José até a igreja de Santa Maria, no bairro Pablo Picasso. O percurso de apenas um quilômetro foi autorizado pela prefeitura, após solicitação feita por mim.”

“Mas, pouco depois das 19h, e quando tínhamos avançado apenas algumas centenas de metros, um grupo de estranhos no caminho nos atacou verbalmente no momento do primeiro posto de oração.”

De acordo com o diácono, os manifestantes chamaram o grupo de “kouffars” (“descrentes”) e ameaçaram: “Pelo Alcorão, cortarei a sua garganta”.

“Eles então jogaram água em nós, pegaram uma das tochas [da procissão] e jogaram em nossa direção”, acrescentou.

Repúdio

No sábado, o ministro do Interior francês, Gérald Darmanin, condenou os ataques, chamando-os de violação da liberdade religiosa.

“Atos inadmissíveis”, escreveu ele no Twitter. “A liberdade de culto deve poder ser exercida com toda a serenidade em nosso país. Apoio aos católicos na França”.

Ameaças violentas

O confronto aconteceu em frente à igreja de São José, na diocese de Nanterre.

A diocese emitiu um comunicado em 11 de dezembro, comentando o ataque.

“Uma procissão mariana – registrada na Prefeitura de Hauts-de-Seine – foi organizada entre as igrejas de São José e Santa Maria, em Nanterre, em 8 de dezembro de 2021.

“Durante essa procissão, estavam previstas duas paradas. Na primeira parada, a procissão foi atacada por várias pessoas que proferiram insultos e ameaças rudes e violentas. A tocha de um fiel foi arrancada e atirada contra os participantes.”

“A procissão recomeçou e continuou, acompanhada pela polícia, até a igreja de Santa Maria. Uma boletim de ocorrência foi registrado.”

“A diocese contatou as autoridades públicas para garantir que a segurança dos fiéis, que estão legitimamente preocupados, seja totalmente garantida agora e no futuro”, diz o comunicado.

Polícia

No sábado, a Polícia de Haut-de-Sein postou no Twitter que “condena veementemente os insultos, ameaças e intimidações proferidas durante a procissão e expressa sua solidariedade aos católicos de Nanterre. Forças policiais estão mobilizadas para prender e levar à justiça os perpetradores de esses atos inaceitáveis.”

Nos últimos anos, houve um aumento dramático nos atos de vandalismo contra igrejas na França, conforme relatado na Aleteia. Um estudo recente do Observatório de Intolerância contra os Cristãos na Europa apontou a França como um dos cinco países europeus que registraram um aumento acentuado na discriminação e violência contra os cristãos.

Tags:
EuropaPerseguiçãoViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia