Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 20 Abril |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

O noivo cego que “enxergou” a noiva nas sensações do dia do casamento

Anthony Ferraro, o noivo cego que "enxerga" a esposa Kelly em seus gestos

Anthony S. Ferraro | Facebook

Francisco Vêneto - publicado em 17/12/21

Kelly pensou primeiramente em Anthony: "ela é os meus olhos no mundo", declarou o apaixonado atleta paralímpico de judô

O noivo cego que “enxergou” a noiva graças às sensações com que ela organizou delicadamente os detalhes do casamento. Anthony Ferraro é atleta paralímpico de judô pelos Estados Unidos e, quando conheceu Kelly Ann, em 2018, durante um encontro de amigos em Nova Jersey, ela já sabia que o atleta não enxergava. Ao notar que ninguém o estava ajudando, ela resolveu ser a guia de Anthony durante todo aquele dia, dedicando-lhe uma atenção extraordinária que raramente ele havia recebido antes.

Resultado? “Eu achei aquilo incrível”, relatou o judoca à rede CBS News.

Cerca de um mês depois, Anthony convidou Kelly para assistir em Nova Iorque à estreia do documentário “A Shot in the Dark“, sobre a sua trajetória esportiva como deficiente visual. Foi o primeiro encontro a sós do futuro casal, que, desde então, começou a namorar sem que a limitação visual de Anthony representasse obstáculo algum – pelo contrário: a dificuldade foi transformada em inspiração para muitos gestos de carinho e cuidado.

Em sua casa, Kelly começou a revestir quinas e objetos pontiagudos com plástico bolha para que Anthony não se machucasse. As viagens do atleta para competir se tornaram muito mais fáceis com a presença da amada.

“Minha vida mudou depois de conhecê-la. A Kelly começou a descrever as paisagens para mim e eu comecei a imaginá-las. Ela se tornou os meus olhos para o mundo”.

Depois de quatro anos de namoro, os apaixonados se casaram em novembro de 2021. E Kelly, como não poderia deixar de ser, fez questão de surpreender mais uma vez o marido com um gesto de delicadeza e de muito significado no dia do casamento: ela resolveu dar um jeito para que o marido pudesse “ver” o seu vestido de noiva.

O noivo cego que “enxergou” a noiva nas sensações

Kelly optou por um modelo com vários tecidos macios, incluindo veludo e renda e várias flores de algodão trançado, para que, ao tocar no vestido, ele conseguisse “visualizá-lo” a partir do toque e pudesse, nas palavras da noiva, “desfrutar do meu vestido tanto quanto eu”.

E o que Anthony achou? “Eu comecei a chorar de emoção porque consegui ‘enxergar’ a Kelly! Foi sensacional poder ‘sentir’ o vestido dela de noiva”.

Toda a cerimônia, aliás, foi desenhada para que o noivo cego pudesse “enxergar” o máximo possível dos detalhes organizados por Kelly, que contou com a grande ajuda de sua própria mãe. Até a escolha de uma cerimônia ao ar livre e durante o dia foi pensada para que ele conseguisse “ver melhor” os contrastes de luz e sombra.

Em declarações ao jornal USA Today, Anthony resumiu:

“A delicadeza e o trabalho para deixar o nosso casamento acessível para mim significaram tudo. Ela é realmente ‘os meus olhos no mundo'”.

Tags:
AmorCasamentoTestemunho
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia