Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 29 Junho |
Beato Raimundo Lúlio 
Aleteia logo
Em foco
separateurCreated with Sketch.

“As maldições mais terríveis são aquelas feitas pelos pais e parentes”

THE DEVIL AND FATHER AMORTH

LD Entertainment

Gelsomino Del Guercio - publicado em 27/12/21

O exorcista Gabriele Amorth explicou que não devemos subestimar as maldições feitas por quem está próximo a nós, pois as consequências podem ser desastrosas

O mal, o diabo, as maldições: como agem? Quais são as consequências para os homens? Rita Sberna fala sobre isso no livro Inferno, la tragica elezione (“Inferno, a trágica escolha”), em que também inclui uma entrevista que a autora tinha feito com o exorcista Dom Gabriele Amorth.

O “mal” no evangelho

Sberna escreve: “O mal é um assunto quase tabu. A própria palavra nos faz pensar em ‘mistério’ e nos leva de volta a alguns filmes de terror de sucesso, como ‘O Exorcista'”.

Ela ainda argumenta que, se lêssemos mais a Bíblia, entenderíamos muitas coisas e as questões ligadas ao mal não nos surpreenderia tanto. Diz ela:

“Por exemplo, em Mt 8, 16-17 , lemos:

‘Pela tarde, apresentaram-lhe muitos possessos de demônios. Com uma palavra expulsou ele os es­píritos e curou todos os enfermos. Assim se cumpriu a predição do pro­feta Isaías: Tomou as nossas enfermidades e sobrecarregou-se dos nossos males.'”

Há também outra passagem do Evangelho que Sberna gosta de lembrar:

“A passagem contém tudo o que pode ser útil para uma melhor compreensão do assunto. É o Evangelho de Lucas, no capítulo 11, 14-26: ‘Jesus estava expulsando um demônio mudo. Quando o diabo saiu, o mudo começou a falar e a multidão ficou admirada (…)'”.

Pessoas ligadas a Satanás

O livro ainda lembra que o Evangelho “está repleto desses episódios, mas isso não é suficiente, porque a descrença do homem nega a verdade mesmo em face das provações e da Palavra de Deus, fonte da Verdade absoluta”.

Dom Gabriele Amorth, na entrevista com a autora, explica como funciona o mal e as consequências que, às vezes, podem ser desastrosas:

“Existem pessoas que estão ligadas a Satanás (médiuns, adivinhos, mágicos) e muitas vezes alguns recorrem a elas. Às vezes, mesmo com perfídia pessoal diabólica, essas pessoas lançam uma maldição. As maldições mais terríveis são aquelas feitas por pais ou parentes próximos. Elas não devem ser subestimadas, mesmo que sejam feitas por outras pessoas”.

O desejo pelo pecado

“O que mais importa ao diabo é empurrar o homem ao pecado (enviando as tentações às pessoas), mas o maligno não tem o poder de nos fazer cair no pecado, porque cair no pecado depende apenas de nós, homens, por causa do livre arbítrio que Deus nos deu.”

Não apenas maldições.

“O diabo tem o poder de enviar tentações, às vezes fazendo com que neguemos a própria presença de Deus ou os mandamentos de Deus. Por exemplo, o mandamento ‘Não matar’ é quebrado todos os anos precisamente porque mais de 50 milhões de mortes ocorrem no mundo devido apenas ao aborto.”

“Direto para o inferno”

Em geral, Amorth continua: “Não são os pecados que levam o homem à possessão diabólica, porque os pecados induzem o homem a algo muito pior do que a possessão diabólica: eles o levam ao inferno. O diabo em sua ação comum nos tenta a todos (do nascimento à morte). Até Jesus e Nossa Senhora foram tentados.

Conclui o exorcista:

“O homem que cai em pecado já não está com Deus, mas sim com Satanás. Se morrermos em estado de pecado grave, iremos direto para o inferno. Deus nunca quer a morte do pecador, mas quer que o pecador se converta e enquanto estamos nesta terra, Deus constantemente nos envia oportunidades de conversão”.

Tags:
DemônioExorcismoFamíliaMalPecado
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia