Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 09 Agosto |
Santa Teresa Bendita da Cruz (Edith Stein)
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Conheça os nomes dos 22 missionários católicos assassinados em 2021

Perseguição religiosa

Mohammed ABED / AFP ©

Francisco Vêneto - publicado em 31/12/21

Número se refere só aos que estavam especificamente em missões de evangelização no mundo, pois total de padres, religiosos e catequistas assassinados em 2021, tragicamente, é muito maior

Ao longo de 2021, foram assassinados 22 missionários católicos, sendo treze sacerdotes, um religioso, duas religiosas e seis leigos.

Atenção: estes números se referem somente aos missionários, ou seja, àqueles que estavam especificamente realizando missões de evangelização no mundo. O número de padres, freiras, religiosos e catequistas católicos assassinados em 2021, tragicamente, é muito maior que 22.

De acordo com informações da agência Fides, o serviço de notícias das Obras Missionárias Pontifícias, estes são os nomes dos 22 missionários católicos mortos em 2021:

ÁFRICA

Angola

  • Pe. Manuel Ubaldo Jáuregui Vega, colombiano, do Instituto de Missões Estrangeiras de Yarumal. Morto em Luanda no dia 7 de março, durante agressão após um acidente de trânsito.

Nigéria

  • Pe. John Gbakaan Yaji, pároco de Gulu, morto em 15 de janeiro por bandidos armados que o sequestraram usando seu próprio carro. O corpo foi encontrado amarrado a uma árvore.
  • Pe. Ferdinand Fanen Ngugban, morto em 30 de março, Terça-Feira Santa, durante ataque armado a uma igreja da diocese de Katsina. Outras seis pessoas foram mortas.
  • Pe. Alphonsus Bello, sequestrado na diocese de Sokoto e assassinado em 20 de maio. Seu corpo foi achado abandonado em uma fazenda.
  • Pe. Luke Adeleke, da diocese de Abeokuta, assassinado aos 38 anos em plena véspera de Natal, quando voltava para casa depois de celebrar a Missa do Galo.

BurkinaFaso

  • Pe. Rodrigue Sanon, da diocese de Banfora, sequestrado em 19 de janeiro e encontrado morto dois dias depois, na mata.

República Centro-Africana

  • Omer Dalyom Dallet, missionário assassinado em 5 de maio enquanto se dirigia até o hospital em que sua irmã estava internada.

Sudão do Sul

  • Irmãs Mary Daniel Abut e Regina Roba, da Congregação do Sagrado Coração de Jesus, assassinadas em 16 de agosto na rodovia Juba-Nimule, durante emboscada realizada por bandidos armados.
  • Peter Bata, catequista e missionário, assassinado com outras vítimas em 26 de outubro, durante assalto por bandidos armados à paróquia de Mupoi.

Uganda

  • Pe. Joshephat Kasambula, assassinado em 18 de agosto por um dependente químico.

AMÉRICA

Venezuela

  • Irmão Luigi Manganiello, da congregação lassalista, assassinado por ladrões durante assalto a uma escola de Barquisimeto, em 6 de janeiro.

México

  • Pe. Gumersindo Cortés González, de 63 anos, encontrado morto em 27 de março após vários dias sequestrado, no estado de Guanajuato.
  • Pe. Juan Antonio Orozco Alvarado, franciscano, pároco no estado de Zacatecas, assassinado durante troca de tiros entre facções criminosas enquanto se dirigia a uma igreja para celebrar a Santa Missa.
  • Simón Pedro Pérez López, indígena tzozil e catequista da diocese de San Cristóbal de las Casas, assassinado em 5 de julho por um motociclista desconhecido que lhe disparou contra a cabeça.
  • Pe. José Guadalupe Popoca, assassinado em 31 de agosto na paróquia de São Nicolau de Bari, no estado de Morelos.

Peru

  • Nadia de Munari, missionária italiana de 50 anos, em 24 de abril, após ser atacada e violentamente agredida dentro de casa.

Haiti

  • Pe. André Sylvestre, de 70 anos, morto a tiros em Cap Haitien no dia 6 de setembro por uma quadrilha de motociclistas enquanto saía de um banco.

ÁSIA

Filipinas

  • Pe. Rene Bayang Regalado, 42 anos, da diocese de Malaybalay, assassinado a tiros por um desconhecido em 25 de janeiro.

Mianmar

  • Alfred Ludo e Patrick Bo Reh, ambos de 18 anos, assassinados em 27 de maio enquanto prestavam ajuda humanitária a pessoas que fugiam do conflito armado entre o exército e forças populares rebeldes.

EUROPA

França

  • Pe. Olivier Maire, superior provincial dos Missionários Montfortinos (Companhia de Maria), em 9 de agosto, segundo informações da diocese de Luçon, confirmadas pelo Ministério do Interior.
Tags:
MissionáriosPerseguiçãoViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia