Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 13 Agosto |
São Ponciano
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

2021, o ano mais violento de todos os tempos para os cristãos da Índia

WEB2-SISTER-VERONICA-INDIA-Missionary-Sisters-of-Mary-Help-of-Christians-MSMHC.jpg

Missionary Sisters of Mary Help of Christians (MSMHC)

A irmã Veronica Vuantei é uma das muitas religiosas católicas que servem aos irmãos mais pobres na Índia

Francisco Vêneto - publicado em 06/01/22 - atualizado em 12/01/22

Somente os casos oficialmente registrados somam na média mais do que um ataque por dia

A agência católica de notícias Fides, das Pontifícias Obras Missionárias, informou que, somando 486 episódios de ódio e violência, o ano de 2021 terminou como o mais violento de todos os tempos para os cristãos da Índia, país de vasta maioria hinduísta no qual o cristianismo é abraçado por apenas 2,3% da gigantesca população de 1,3 bilhão de habitantes.

2021, recorde de casos de violência contra cristãos indianos

Segundo o levantamento divulgado pela Fides, os casos de explícita violência direcionada especificamente contra os cristãos da Índia foram 37 em janeiro, 20 em fevereiro, 27 em março, 27 em abril, 15 em maio, 27 em junho, 33 em julho, 50 em agosto, 69 em setembro, 77 em outubro, 56 em novembro e 48 em dezembro. Trata-se apenas dos casos oficialmente registrados, cuja soma, próxima de 500, indica que houve na média mais do que um ataque por dia.

Além disso, o número de episódios violentos contra os cristãos da Índia tem crescido consistentemente a cada ano desde 2014, quando houve 127 casos. Em 2015 foram 142, passando em 2016 para 226. Em 2017 foram 248, saltando para para 292 em 2018 e para 328 em 2019. Verificou-se uma redução durante o primeiro ano da pandemia, com 279 episódios em 2020, mas, já no ano seguinte, o número explodiu para 486.

Radicalismo hinduísta

Um dos tipos frequentes de episódios violentos e abertamente persecutórios contra os cristãos na Índia consiste em invadir encontros de oração e cerimônias religiosas e agredir fisicamente os fiéis enquanto rezam. Em vários casos, os agressores, que na maioria das vezes são radicais hinduístas, ainda levam suas vítimas à polícia e as acusam de praticar “conversão forçada” contra seguidores do hinduísmo.

De fato, o leigo católico A.C. Michael, coordenador do United Christian Forum (UCF), declarou à agência Fides que a minoria cristã da Índia “enfrentou agressões cometidas em muitas ocasiões por grupos extremistas hindus em todo o país. O clima de ódio que se espalha por meio de certas ações e discursos de alguns grupos e a falsa propaganda sobre supostas conversões fraudulentas parecem incitar elementos antissociais a cometer atos violentos”.

Michael se refere ao espalhamento de notícias falsas sobre alegadas campanhas de conversão forçada que estariam sendo implementadas por grupos católicos.

O governo da Índia chegou a promulgar leis que restringem as conversões. Para o coordenador do UCF, “não seria exagero dizer que esses fatos são orquestrados e planejados por alguns grupos para dividir o país com base em questões religiosas”.

Iniciativas de apoio aos cristãos perseguidos

O UCF disponibiliza um número telefônico gratuito aos cristãos da Índia para fazerem denúncias e solicitarem apoio jurídico, já que a própria polícia indiana costuma ser ineficiente no tocante a esses casos de violência religiosa.

Graças à rede de advogados do UCF, 210 cristãos presos injustificadamente puderam ser soltos e 46 locais de culto fechados de modo questionável conseguiram autorização para transferir suas cerimônias a outros lugares.

Tags:
CristãosIdeologiaPerseguiçãoPolítica
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia