Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 19 Janeiro |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

O que significa a “árvore do bem e do mal” do Gênesis?

Árvore do bem e do mal

Shutterstock | Separisa

Reportagem local - Pe. Allan Marandola - publicado em 07/01/22

Pe. Allan: "Ela não tem esse nome à toa. É Deus quem diz o que é o bem e o que é o mal"

Partindo da figura da “árvore do bem e do mal”, apresentada no livro do Gênesis, o pe. Allan Victor Almeida Marandola compartilhou em sua rede social uma reflexão a respeito da objetividade da lei moral estabelecida por Deus e de como os conceitos de bem e mal são igualmente objetivos com base nessa lei.

Trata-se, pelo relato do primeiro livro da Bíblia, da árvore de cujos frutos Deus havia proibido que Adão e Eva comessem; ao desobedecerem, eles cometeram o pecado original.

O sacerdote brasileiro escreveu o seguinte comentário:

“A mentalidade liberal — não se enganem, isso está presente em muitos teólogos — olha para o pecado original e não entende: ‘por que não podemos comer da árvore do bem e do mal? O que há de errado? O que ela tem de diferente das demais? E a minha LIBERDADE?’.

Resposta: a árvore não tem esse nome à toa. É Deus quem diz o que é o bem e o que é o mal. Ele criou você e a árvore, Ele faz as regras. Acima de toda lei moral, algo é bom ou mau porque Deus pensou desde toda a eternidade que seria bom ou mau. A lei moral nada mais é do que a intenção de Deus no ser. Criar nada mais é do que isso”.

O padre então menciona a complexidade dos conceitos envolvidos na figura da “árvore do bem e do mal”:

“Estou falando da moral, mas o mesmo vale para a reflexão metafísica. Criar é produzir a coisa no ser segundo toda a sua substância, ensina-nos o Anjo das Escolas. Antes de toda natureza, substância, matéria ou forma, não há um único princípio sequer que não tenha sido querido por Deus. É aqui que o teólogo emerge da reflexão metafísica para a essência da Revelação (*). A metafísica não está para a teologia como um voo, mas como um mergulho, um aprofundamento na realidade do ser tangível, da qual só se eleva ou transcende verdadeiramente a partir da Revelação.

(*) ‘Vê: ao Senhor, teu Deus, pertencem os céus e os Céus dos Céus, a terra e tudo o que nela se encontra. E agora, ó Israel, o que pede a ti o Senhor, teu Deus, senão que O temas, andando nos Seus caminhos, amando-O e servindo-O de todo o teu coração e de toda a tua alma, observando os mandamentos do Senhor e Suas leis, que hoje te prescrevo, para que sejas feliz?’ (Dt 10, 14.12s)”.

Tags:
BíbliaMalmoral
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia