Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 24 Janeiro |
São Feliciano de Foligno
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Bebê afegão entregue a soldado em Cabul finalmente encontra sua família

Sohail Ahmadi

Mohd RASFAN | AFP

Cerith Gardiner - publicado em 11/01/22

Depois de meses sem saber o que aconteceu com seu filho, a mãe do pequeno Sohail agora está cheia de alegria

Você deve se lembrar da foto comovente de um pai afegão entregando seu pequeno bebê a um soldado americano quando o Talibã tomou a cidade de Cabul em agosto passado. À medida que a capital mergulhando no caos, seus habitantes tentaram desesperadamente fugir, e muitos simplesmente foram para o aeroporto. Este foi o caso da família do pequeno Sohail Ahmadi.

Quando Mirza Ali Ahmadi, sua esposa Suraya e seus cinco filhos chegaram ao aeroporto, já havia um tumulto generalizado. Ahmadi temia que seu filho mais novo, Sohail, fosse esmagado pela multidão. Então, com o filho nos braços, num gesto de desespero, ele estendeu a criança para o alto e a entregou a um soldado americano, acreditando que eles conseguiriam embarcar em seguida.

Situação se agrava

No entanto, a situação no aeroporto se agravou, e os Ahmadis não conseguiram encontrar seu filho. No meio di tumulto, eles acabaram sendo colocados em um voo para o Texas. Autoridades disseram acreditar que seu filho já havia saído do Afeganistão em um voo anterior.

Uma vez em segurança nos Estados Unidos, eles não conseguiam encontrar seu bebê de dois meses, e as complicadas relações com os talibãs significavam que era muito difícil para a família coletar mais informações.

Bebê tinha ficado no Afeganistão

Na verdade, em Cabul, o taxista Hamid Safi, que estava deixando a família de seu irmão no aeroporto, viu o garotinho. Incapaz de encontrar seus parentes, ele achou melhor levar a criança para casa. De acordo com o The Guardian, o taxista disse: “se sua família for encontrada, eu o entregarei a eles. Se não, eu mesmo o criarei.”

Hamid Safi, o taxista que encontrou Sohail Ahmadi, brinca com com Sohail, que foi separado de seus pais no aeroporto de Cabul no caos da evacuação americana do Afeganistão em agosto de 2021 – Mohd RASFAN | AFP

O taxista, sua esposa e suas três filhas acolheram o bebê, a quem chamaram de Mohammad Abed, em sua família. Para Safi, o garotinho foi uma bênção, já a mãe sonhava em ter um filho.

A família seguiu seu caminho, mas continuou compartilhando fotos de Sohail no Facebook. Conhecidos viram as fotos e perceberam que era se tratava do menino desaparecido. Logo se espalhou a notícia de que Sohail estava vivo e bem.

De volta para a família

Os Ahmadis pediram aos parentes que ainda estavam no Afeganistão que entrassem em contato com o taxista para devolver o bebê. O avô do bebê, Mohammad Qasem Razawi, foi buscá-lo, e assim o bebê foi devolvido aos parentes no Afeganistão.

Para a família do taxista, foi difícil se separar da criança. O avô explicou que Hamid e sua esposa estavam chorando. “Eu também chorei, mas assegurei-lhes que eles ainda eram jovens”, disse, manifestando sua confiança em que eles poderiam ter um menino no futuro. “Não um, mas vários. Agradeci a ambos por salvarem a criança no aeroporto”, disse.

Para os pais do menino Sohail, ter encontrado o filho foi um momento de grande celebração depois de tantos meses de incerteza. Com a família agora estabelecida em Michigan, seu principal objetivo é levar o filho para os Estados Unidos para que eles possam finalmente aproveitar a vida em segurança juntos.

O gesto amoroso do taxista em acolher Sohail em sua família é um lembrete maravilhoso de como, mesmo em meio a graves dificuldades, sempre há pessoas dispostas a amar. Embora Deus ainda possa abençoá-los com um filho, Ele já os abençoou com um coração generoso que salvou a vida de um garotinho.

Tags:
BebêsFamíliaGuerra
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia