Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 28 Junho |
Santo Irineu
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

São João Paulo II: “toda grávida precisa receber ajuda”

POPE AUDIENCE JUNE 05

Antoine Mekary | ALETEIA | I.MEDIA

Philip Kosloski - publicado em 14/01/22

O apoio às mulheres continua sendo uma das principais chaves para abolir o aborto

Apenas alguns meses depois de sua eleição como Papa, São João Paulo II começou 1979 exortando a todos a ajudar as grávidas.

Suas palavras de encorajamento foram dadas após a celebração do Natal e durante sua primeira audiência geral, em 1979.

Ele apresenta a questão como um “grande clamor” e “desafio”:

“Este fato, de que falo, é um clamoroso brado, é um permanente desafio a cada um e a todos, especialmente na nossa época, em que à mãe que anda de esperança é muitas vezes exigida uma grande prova de coerência moral. Com efeito, o que é eufemisticamente definido como «interrupção da gravidez» (aborto) não pode ser apreciado com outras categorias autenticamente humanas que não sejam as da lei moral, isto é, da consciência. Muito poderiam a tal propósito dizer, se não as confidências feitas nos confessionários, sem dúvida as apresentadas nos consultórios para a maternidade responsável.”

São João Paulo II explica, então, o que ele acredita que todos devem fazer pelas mulheres grávidas:

“Não se pode, por conseguinte, deixar sozinha a mãe que vai dar à luz, deixá-la com as suas dúvidas, dificuldades e tentações. Devemos estar ao lado dela, para que tenha suficiente coragem e confiança, para que não sobrecarregue a sua consciência, e para que não seja destruído o mais fundamental vínculo de respeito do homem pelo homem. De fato, tal é o vínculo que tem início no momento da concepção, em virtude do qual todos devemos, em certo modo, estar com cada uma das mães que vão dar à luz; e devemos oferecer-lhe todo o auxílio possível.”

Isso vai ao cerne do problema, pois muitas mulheres que procuram o aborto o fazem por falta de apoio da sociedade, mas também de cada uma de nós.

Devemos, então, nos perguntar o quanto ajudamos as grávidas e se estamos fazendo o suficiente em nossa comunidade local. Não precisamos esperar por programas governamentais, pois podemos começar agora a ajudar mulheres em nossa comunidade, que podem estar pensando em abortar.

O apoio às mulheres continua sendo uma das principais chaves para abolir o aborto.

Tags:
AbortoFilhosGravidezMulherPapa
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia