Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Agosto |
Bem-aventurado Gabriel Maria de Benifayó
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Estudante viraliza com ilustrações médicas de bebês negros em gestação

Chidiebere Ibe

Chidiebere Ibe/CC BY-SA 4.0 via Wikipedia | ebereillustrate/Instagram

Sarah Robsdottir - publicado em 17/01/22 - atualizado em 17/01/22

Ilustrador autodidata e estudante de medicina, Chidiebere Ibe tem 25 anos e quer ser neurocirurgião pediátrico

O estudante nigeriano Chidiebere Ibe tem viralizado nas redes sociais com suas ilustrações médicas de bebês negros em gestação. O ilustrador autodidata chamou as atenções mundo afora com detalhados desenhos de anatomia que retratam pessoas negras, como foi o caso, em novembro, da ilustração de uma gestante e seu bebê nascituro: o desenho conquistou elogios da comunidade médica, da mídia e do público. Ibe tem mais de 142 mil seguidores no Instagram e, antes que o seu tweet original fosse apagado, obteve mais de 47 mil compartilhamentos e mais de 332 curtidas, segundo a NBC News.

View this post on Instagram

A post shared by Chidiebere Ibe (@ebereillustrate)

“Eu não tinha ideia do quanto precisava ver isso, até que vi!”: esta reflexão, repetida por muita gente, foi ecoada também pelos apresentadores Gayle King e Nate Burleson, da rede CBS, em referência ao sentimento de sub-representação da comunidade negra no tocante a ilustrações médicas.

De fato, reduzir a negligência dos livros de medicina em relação às minorias étnicas é um dos objetivos de Ibe. Além da falta de ilustrações que representem uma comunidade historicamente marginalizada, ele observa que a falta de diversidade nos livros de medicina acarreta menor conscientização sobre como certos tipos de doenças afetam em particular os pacientes negros, tais como a dermatite seborreica.

A Dra. Kameelah Phillips destacou a importância do trabalho de Ibe ao ilustrar bebês negros em gestação:

“Um bebê negro em um texto médico. Pode não parecer grande coisa, mas acredite em mim: é! Nos meus 4 anos de Biologia Humana, 4 anos de faculdade de medicina e 4 anos de residência, eu raramente vi, se é que cheguei a ver alguma vez, representações de pacientes negros e pardos em textos médicos. Isso importa mesmo? Totalmente! E por muitos motivos. Ver você mesmo no seu texto significa que você é importante. Você é visto. Você não é invisível. Você se engaja mais com o material. Isso humaniza e normaliza corpos negros e pardos. Isso nos torna médicos melhores, porque as condições se apresentam de maneira diferente em peles diferentes. A falta de diversidade em nossos livros reflete a falta de diversidade em nossa formação. Algo tão simples quanto a representação igual de tons de pele poderia contribuir para a humanização dos corpos pretos e pardos? É um começo importante”.

Ibe é estudante da Universidade Médica de Kiev, na Ucrânia, e espera um dia realizar o sonho de se tornar neurocirurgião pediátrico. Enquanto isso, o estudante continua compartilhando as suas “ilustrações médicas etnicamente diversas” nas redes sociais, já realizando os sonhos de muitos.

Tags:
ArteBebêsCiênciamedicinaSociedade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia