Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 25 Setembro |
Santo Aunacário ou Aunacário
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Francesco Cristofaro, pároco deficiente: “quero ser padre até o fim”

parroco disabile

Facebook | Don Francesco Cristofaro

Gelsomino Del Guercio - publicado em 19/01/22

“Minhas pernas vacilam de vez em quando, mas meu coração está firme e minha vontade é forte”. Nas redes sociais, ele está entre os padres mais populares da Itália

A história de Francesco Cristofaro é «de uma criança que não conseguia pisar nem brincar como as outras. Um menino que se refugiou na oração para pedir um milagre. É a história de um milagre que aconteceu. Essa criança, agora crescida, tornou-se um padre “(Tv2000.it).

Francesco Cristofaro nasceu em Catanzaro em 10 de novembro de 1979. É pároco da paróquia “Santa Maria Assunta”, Simeri Crichi. É licenciado em Teologia Espiritual pela Pontifícia Faculdade Teresianum de Roma.

Ele apresenta o programa “À luz da fé”, na Rádio Mater. Já na TV Padre Pio ele apresenta os programas “Na fé da Igreja” e “Feito para o Céu”. Ainda colabora com a Tv2000 no programa L’Ora Solare. E escreve para o semanário Miracoli.

Pároco “influenciador”

Este pároco é muito ativo nas redes sociais. No Facebook, tem quase 200.000 seguidores. Em seu canal do Youtube cada vídeo tem milhares de visualizações. Também é popular no Twitter e no Instagram. Ele também tem seu próprio site oficial onde conta sua história.

“Nasci com paraparesia espástica nas pernas – explica padre Francesco Cristofaro – termo desconhecido para dois corações simples como os dos meus pais, uma dona de casa e um carpinteiro, este com um trabalho muitas vezes precário naquele tempo. Eles entenderam imediatamente, no entanto, que seria uma provação. De fato, muitas viagens começaram de sul a norte para consultas médicas, infelizmente também com alguns vendedores de falsas esperanças”.

“Lutei para ser aceito”

A doença de padre Francesco foi também um profundo sofrimento interior. “Lutei por muitos anos para me aceitar e ser aceito. Tive de me esquivar dos maus golpes do pietismo das pessoas e dos colegas da minha idade que me diziam com muita facilidade: ‘você não pode vir brincar conosco porque cai e fica magoado’”.

Os pedidos a Nossa Senhora

O jovem sacerdote deficiente confessa que rezou “muito a Nossa Senhora pedindo a cura. Isso não aconteceu, então eu disse a ela: “por que você não me ouve? Acaso sou uma criança ruim?” A vontade de ser curado era tão forte que durante a noite eu sonhava em caminhar como todas as outras crianças, em brincar, em andar de bicicleta. Nossa Senhora, com ternura de Mãe, tomou-me pela mão e fez-me conhecer Jesus, concedeu-me o milagre. Não a cura física, mas a do coração e dos pensamentos. Até aquele momento, eu estava convencido de que não servia para nada”.

As pernas vacilam, o coração não

Na verdade, era o plano de Deus que estava se abrindo diante de Francesco Cristofaro. “Agora entendi que eu também era um instrumento. Pouco a pouco vou crescendo, entro na paróquia, sou ministro e catequista. Meu coração estava limpo. Eu queria ser todo de Jesus, e ele abençoou esse desejo. Hoje sou padre. Minhas pernas vacilam de vez em quando, mas meu coração está firme e minha vontade é forte. Quero ser sacerdote todos os dias até ao fim”.

Tags:
PadresSaúde
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia