Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 12 Agosto |
Santa Joana Francisca de Chantal
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Quando ser indispensável é contraproducente para a carreira

OFFICE

Shutterstock | Stock-Asso

María José García Crespo - publicado em 19/01/22

Se você se tornou tão valioso para seu chefe que sua carreira estagnou porque ele não quer deixá-lo crescer, é hora de você se tornar dispensável. Mas como fazer isso com elegância?

Depois de quatro anos na mesma função, você pode ter a sensação de que sua carreira estagnou, apesar de ir além das responsabilidades de sua função.

Mita Mallick, especialista em inclusão, equidade e impacto, publicou na Harvard Business Review quatro maneiras de evitar que seu valor como funcionário atrapalhe seu crescimento profissional.

“O erro crítico que você cometeu é que você se tornou indispensável”, um mentor me disse certa vez. “É por isso que você não consegue deixar sua equipe e ser promovida.”

“Meu chefe muitas vezes oferecia meu tempo a outros gerentes para projetar suas respectivas estratégias.

Ele me pedia para ligar para os vendedores para comprar mesas para o jantar anual de caridade. Ele me fazia escrever seus discursos para eventos externos. E ele me pedia para ajudá-lo a gerenciar seu perfil no LinkedIn, e logo outros líderes vinham até mim com pedidos semelhantes.”

Finalmente, ele me pedia para ajudar o CEO e outros executivos a se prepararem para entrevistas.”

O despertar

“A observação do meu mentor foi como um despertar rude “, diz Mallick. “Eu disse sim a todas as atribuições, esperando que isso me ajudasse a ter uma chance de promoção.”

Mallick se tornou indispensável e seu chefe não o deixava crescer. Ser indispensável matou a sua carreira.

Em última análise, pode atrapalhar o crescimento e o avanço da sua carreira. 

Aqui estão quatro maneiras de deixar de ser indispensável, a fim de garantir que seu progresso na carreira não fique parado.

1. Torne-se menos disponível

Embora nos ensinem que nosso trabalho é facilitar o trabalho de nossos chefes, isso não significa que temos que estar disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Viver em um ambiente sempre ativo pode nos forçar a estar sempre disponíveis para fazer qualquer coisa.

“Eu rotineiramente respondia a mensagens de texto às 6h30 e telefonemas às 23h nas noites de sábado. Larguei tudo quando meu chefe ligou durante as férias com minha família.”

“Se você fizer isso, seu chefe espera que você esteja disponível o tempo todo, porque você não estabeleceu seus limites”, me disse Christy DeSantis, fundadora e diretora de confiança da Fiduciary Coaching.

“Todos nós precisamos educar nossos chefes sobre quando estamos disponíveis e quando não estamos. Você tem que estar disponível e presente para os momentos profissionais que importam. E lembre-se: os chefes nem sempre precisam ou esperam uma resposta imediata, então pare de fazer isso.”

Além de seguir o conselho de Christy, concentre-se em ser produtivo durante o horário de trabalho. Claro, haverá simulações de incêndio ocasionais e tarefas urgentes, mas é preciso reeducar seu chefe sobre sua disponibilidade geral enquanto continua a provar seu valor e experiência.

2. Aprenda a dizer não

Dizer “não” não precisa ser prejudicial à sua carreira. Se a cada trimestre você for solicitado a empurrar a equipe ainda mais, é hora de recusar.

Diga não e valorize isso como uma oportunidade para outra pessoa liderar e aprender com o trabalho. 

Se seu chefe insistir que você deve continuar fazendo tal trabalho, seja explícito sobre outras iniciativas ou projetos nos quais você terá que parar de trabalhar para prosseguir com a nova tarefa.

Deixe claro que você está focado em fazer um ótimo trabalho e quer ter certeza de que não se distrairá.

Quando você disser não, pense em outra tarefa com a qual você se sentiria confortável e animado para dizer sim. Priorize projetos que sejam importantes e oportunos e que o posicionem dentro (e fora) da empresa.

Antes de seu chefe lhe atribuir um trabalho, seja proativo e levante a mão para projetos que possam aumentar sua visibilidade interna.

Se você se tornou indispensável para seu chefe, dizer sim a um trabalho que lhe dá acesso a outros líderes o ajudará a avançar para sua próxima oportunidade.

3. Seja transparente sobre suas aspirações

“Quando comecei a trabalhar para meu chefe, ele disse que eu só ficaria no time por um ano. Mas doze meses se transformaram em 18 e depois em 24.

Ele me disse para parar de me preocupar e que me ajudaria a encontrar minha próxima oportunidade. Quatro anos se passaram e ele não me deixou ir, eu tinha me tornado muito valiosa para ele. E eu cometi o erro fatal de amarrar minha carreira a apenas uma pessoa.”

“Se seu chefe não apoiar o próximo passo de sua carreira, converse com o maior número possível de líderes de sua organização sobre sua visão para o futuro”, disse Lola Bakare, proprietária de uma poderosa empresa de consultoria e coach executiva de marketing. 

Além disso, ela acrescenta: “Se um bom número de líderes está defendendo sua promoção, será mais difícil para seu chefe se agarrar a você. Ninguém quer ser rotulado como um acumulador de talentos, e o reconhecimento público de seu papel pode torná-lo um defensor também.”

Além de seguir o conselho de Bakare, conte aos recursos humanos sobre sua visão profissional. Em muitas organizações, o RH desempenha um papel fundamental no planejamento de talentos e entenderá quais funções se abrirão no curto e no longo prazo. Eles podem apostar em você para ajudá-lo a avançar para sua próxima oportunidade.

4. Ajude a encontrar seu sucessor

Se seu chefe está convencido de que você é o único que pode fazer seu trabalho, é hora de mudar de ideia. Ajude-o a encontrar seu sucessor. Considere os membros de sua equipe e rede profissional que podem estar interessados ​​em ingressar na sua empresa. 

Ofereça-se para apresentar seu chefe aos principais talentos.

Se você tem um sucessor interno em mente, peça a ele para ajudá-lo em um projeto. Isso lhe dará a chance de ver se você gosta do trabalho e seu chefe uma chance de ver o seu valor .

Conforme você planeja passar para sua próxima função internamente, ajude seu sucessor a ter uma transição tranquila. Prepare-o para o sucesso apresentando-o às partes interessadas. Proponha-o para projetos-chave e treine-o sobre como trabalhar com seu novo chefe .

Preparar bem seu sucessor significa que você não será arrastado para seu antigo papel e poderá seguir em frente.

Tags:
Trabalho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia