Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 29 Fevereiro |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Como ser um bom católico no dia a dia

shutterstock_1667151580.jpg

Shutterstock

Ricardo Sanches - publicado em 21/01/22

Alguns gestos práticos nos ajudam a melhorar a vivência da nossa fé

Um dos objetivos (e dos desafios) do bom católico é vivenciar com constância e coerência a fé. Não basta ser católico apenas no domingo, dia de ir à Missa e comungar (muitas vezes até sem se confessar). Sim, o domingo é um dia de preceito. Mas, e nos outros dias da semana? Como você cumpre o seu compromisso com a fé?

Como ser um bom católico no dia a dia

Ser um bom católico significa vivenciar de forma constante os ensinamentos de Jesus, praticar e difundir o Evangelho, seguir os Mandamentos, receber os sacramentos, viver de acordo com o que prega a Santa Igreja.

Mas o que fazer no dia a dia, para ser um católico comprometido?

Alguns gestos práticos nos ajudam a melhorar ainda mais a vivência da nossa fé. Por exemplo:

1. Rezar sempre. A oração é o nosso canal direto com Deus, a Virgem Maria e os santos intercessores. Que tal, então tirar ao menos 15 minutos diários para rezar? Vale dizer que, se não nos dedicarmos à oração, dificilmente conseguiremos guardar os dez mandamentos;

2. Evitar o pecado e confessar. Devemos nos esforçar ao máximo para levarmos uma vida cotidiana longe do pecado. Além disso, temos que recorrer à Confissão. Isso pode ser feito pelo menos uma vez ao ano (Páscoa);

3. Participar da Santa Missa. Se você puder, vá à Missa todos os dias. A Eucaristia é um grande remédio para a nossa alma, já que na celebração revivemos o sacrifício de Jesus por nós;

4. Rezar o Terço. Nossa Senhora prometeu vários benefícios para quem rezar o Terço. E é através dessa devoção que Maria está pronta para ouvir os nossos pedidos;

5. Ler as Sagradas Escrituras e livros edificantes. Essas leituras inspiram a nossa vida diária e contribuem com a a solidificação da nossa formação religiosa. Peça sugestões de livros aos seus colegas de comunidade e ao seu pároco;

6. Dedicar-se a obras de caridade. Faça trabalhos voluntários, ajude aos mais necessitados, preocupe-se com quem realmente precisa. Dentro da sua comunidade você poderá se encaixar em alguma ação deste sentido;

7. Participe da sua comunidade e contribua com ela. Sirva à Igreja de acordo com o seu perfil e a necessidade de sua paróquia. Você poderá encontrar seu lugar em alguma pastoral ou ministério.

É claro que esses foram apenas alguns exemplos. Existem várias outras coisas que você pode fazer para melhorar cada vez mais a vivência coerente de sua fé. O importante é balizar-se constantemente nos valores e virtudes da Igreja e nos pilares que ela recomenda para quem quer ser, de fato, um bom católico.

Como ser um bom católico no dia a dia
Leia também:
Tags:
CatólicosCristãosIgreja
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia