Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Agosto |
Bem-aventurado Gabriel Maria de Benifayó
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Por que fazer a leitura orante da Palavra de Deus?

shutterstock_1025006836.jpg

poylock19 | Shutterstock

Hozana - publicado em 21/01/22

Por meio da leitura orante, somos despertados para o desejo do encontro com Deus, bem como para o esforço de entendimento sobre o que está escrito nos textos sagrados

“A Sagrada Escritura é a Palavra de Deus enquanto redigida sob a moção do Espírito Santo (…) Deus inspirou os autores humanos dos livros sagrados. Na redação dos livros sagrados, Deus escolheu homens, dos quais se serviu fazendo-os usar suas próprias faculdades e capacidades, a fim de que, agindo ele próprio neles e por meio deles, escrevessem, como verdadeiros autores, tudo e só aquilo que ele próprio queria” (Catecismo da Igreja Católica).

A partir da realidade apresentada pela Igreja sobre a Bíblia, é importante não apenas compreender, mas sobretudo viver esta verdade, conforme atesta São Paulo: “Toda a Escritura é inspirada por Deus, e útil para ensinar, para repreender, para corrigir e para formar na justiça” (II Tim 3,16).

“Os livros inspirados ensinam a verdade. Portanto, já que tudo o que os autores inspirados (ou hagiógrafos) afirmam deve ser tido como afirmado pelo Espírito Santo, deve-se professar que os livros da Escritura ensinam com certeza, fielmente e sem erro a verdade que Deus em vista de nossa salvação quis fosse consignada nas Sagradas Escrituras”. (Catecismo, §107).

Quando nos colocamos em oração, conversamos com Deus. No entanto, é importante lembrar que um diálogo é sempre feito por, no mínimo, duas pessoas. Uma fala, a outra escuta e responde. Do contrário, torna-se apenas um monólogo, como ocorre, por exemplo, numa peça teatral.

Assim, qual é a melhor forma de mantermos o diálogo com Deus?

Diversos são os modos. Dentre eles, a Lectio Divina (Leitura Divina) que possui destaque crucial.

O que é a Lectio Divina?

“Lectio Divina é um exercício de escuta pessoal da Palavra de Deus. Funciona como uma escada de quatro degraus espirituais: Leitura, Meditação, Oração, Contemplação. Sendo que os degraus são mais para a compreensão, pois o Senhor, na liberdade do seu Espírito, pode elevar à oração e à contemplação no momento que lhe aprouver. É preciso, portanto, estar aberto à ação do Espírito Santo: “Buscai na leitura e encontrareis na meditação; batei pela oração e encontrareis pela contemplação” (Monge Guido II, Idade média).

Quando oramos, falamos com Deus. Quando lemos a Bíblia, é Deus que nos fala. Agora, quando fazemos a leitura orante da Palavra de Deus, com Ele mantemos uma conversa, tal qual amigos, como acontecia com Moisés: “O Senhor se entretinha com Moisés face a face, como um homem fala com seu amigo.” (Exo 33,11).

Por meio da leitura orante, somos despertados para o desejo desse encontro com Deus, bem como para o esforço de entendimento sobre o que está escrito nos textos sagrados. Por isso, é um exercício da razão, do empenho e da inteligência, pela busca da doçura de uma vida bem-aventurada. 

A meditação

A meditação nos mergulha mais profundamente naquilo que foi lido. Ajuda-nos a examinar cada detalhe e fazer uma íntima reflexão. Nesse estágio, se começa a pressentir a presença divina e o desejo do encontro com Deus aumenta ainda mais. Ou seja, compreendemos melhor Sua Palavra e crescemos em intimidade com Ele.

Todos os dias, belíssimos textos são lidos na Santa Missa. E se você meditasse com as leituras da liturgia do dia todas as manhãs, em união com milhares de cristãos ao redor do mundo? Reserve um tempo de oração todos os dias para descobrir e orar com os textos litúrgicos. Na rede social de oração Hozana, você encontra, a cada dia, as leituras e a meditação do dia. Clique aqui para receber e rezar diariamente com os textos da Santa Missa.

Procuremos, neste ano que se inicia, meditarmos, a cada dia, sobre aquilo que lemos e ouvimos. Sobre a Palavra de Deus. De modo a crescermos mais e mais em sabedoria e santidade. Afinal, “A sabedoria é luminosa… Quem por ela madruga não se cansa, pois a encontrará sentada à porta. Meditar sobre ela é a perfeição do bom senso”. (Sb 6, 12-15). 

Wellington de Almeida Alkmin, pelo Hozana

Tags:
BíbliaCatecismoMeditaçãoOração
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia