Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 25 Setembro |
Santo Aunacário ou Aunacário
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Altos Labs, empresa que quer “derrotar a morte”, é inaugurada nos EUA

JEFF BEZOS

Lawrence Jackson-PPS-(CC BY-NC-SA 2.0)

Jeff Bezos investe na Altos Labs, empresa que pretende "derrotar a morte"

Francisco Vêneto - publicado em 23/01/22

Jeff Bezos, homem mais rico do mundo, investe na startup de reprogramação biológica antienvelhecimento

A Altos Labs, empresa que quer derrotar a morte, foi inaugurada nos EUA nesta última quarta-feira, 19, contando com investidores como Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, fundador da gigante do e-commerce Amazon e da empresa de viagens espaciais Blue Origin.

A nova companhia se dedica a pesquisas de reprogramação biológica visando produzir soluções antienvelhecimento e, mais ousadamente, pretende “derrotar a morte” desenvolvendo uma “tecnologia da imortalidade”.

Além de Bezos, a Altos Labs conta com o investimento de outros bilionários, como o russo-israelense Yuri Milner, da Digital Sky Technologies.

O diretor executivo (CEO) da Altos Labs é Hal Barron, ex-diretor científico da gigante farmacêutica GlaxoSmithKline. Em comunicado à imprensa, Barron se declarou “profundamente honrado” com a “oportunidade única na vida de liderar uma empresa que também é tão única e que tem uma missão transformadora de reverter doenças”.

A companhia está formando uma equipe de cientistas dedicados a “derrotar a morte”, como Shinya Yamanaka, vencedor do Prêmio Nobel de Medicina de 2012 graças às suas pesquisas com células-tronco, e Jennifer Doudna, co-ganhadora do Prêmio Nobel de Química de 2020 pela sua contribuição ao desenvolvimento da ferramenta CRISPR, de edição de genes.

A Altos Labs informou dispor de 3 bilhões de dólares (quase 17 bilhões de reais) em financiamentos já para o início das suas operações.

Segundo matéria do jornal britânico The Times, a proposta de reprogramação biológica defendida pela Altos Labs visa principalmente rejuvenescer células maduras, que, em decorrência dessa intervenção, passariam a reparar o seu organismo à medida que ele vai envelhecendo, bem como, em teoria, curar doenças ligadas à idade, como a demência senil.

A Altos Labs não é a única empresa que se propõe a encontrar uma espécie de “elixir da infinita saúde física”. Em 2013, com proposta semelhante, foi lançada a Calico, do também bilionário Larry Page, co-fundador do Google. Outras startups à caça da imortalidade do corpo são as norte-americanas Life Biosciences, Turn Biotechnologies e AgeX Therapeutics, além da britânica Shift Bioscience.

Derrotar a morte?

É um fato pacificamente demonstrável que a expectativa de vida do ser humano melhorou de maneira extraordinária com os avanços não apenas da medicina, mas também da higiene básica, da nutrição mais adequada, do acesso à informação e à educação e da disponibilidade de melhor infraestrutura de saneamento, segurança, moradia e conforto térmico, por exemplo.

Mas até que ponto será possível prorrogar a “durabilidade” e o “bom funcionamento” da matéria orgânica de que o nosso corpo é feito?

Cientistas de Singapura ligados à empresa Gero calcularam, em 2021, que uma pessoa em perfeitas condições de saúde poderia chegar a viver até um teto máximo de 150 anos. Eles estimaram esse limite considerando o processo natural do envelhecimento humano, que implica uma gradual e inevitável diminuição das células sanguíneas até um ponto em que a capacidade do corpo de continuar vivo se extingue.

Com base no que se sabe por enquanto sobre o funcionamento do corpo humano, seria praticamente impossível ultrapassar este limite, que, aliás, só seria atingível por indivíduos que não tenham sofrido nenhuma espécie de câncer ou doença cardíaca. Mesmo nesses casos, a natural resiliência do organismo se esgotaria em algum momento, de modo que atingir os 150 anos não seria um cenário amplamente difundido, mas possível apenas a uma minoria.

Até o presente, a pessoa mais idosa de que se tem registro histórico é a francesa Jeanne Calment, que nasceu em 1875 e morreu em 1997, com 122 anos. Entre as pessoas vivas na atualidade, a comprovadamente mais idosa é a japonesa Kane Tanaka: ela nasceu em 1903 e, portanto, em janeiro de 2022 está com 119 anos.

Será mesmo possível, e até que ponto, atuar sobre o processo de esgotamento natural das células humanas e, por conseguinte, evitar que o corpo humano perca a sua capacidade de continuar vivo e saudável?

Imaginando que seja, será que essa prorrogação indefinida da existência corpórea garantirá a plena realização e felicidade do ser humano? As perguntas fundamentais sobre o sentido da existência – quem somos, de onde viemos, para onde vamos – serão respondidas satisfatoriamente por quem prolongar durante décadas, séculos ou até milênios a sua permanência num mundo cuja natureza é notoriamente passageira, finita, incompleta?

A Altos Labs pode vir a constatar que precisou investir todo o dinheiro do mundo para concluir que não – e que a única esperança de “derrotar a morte”, de fato, é que seja verdade a ressurreição.

Tags:
CiênciaMorteSaúdetecnologiaVida
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia