Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Agosto |
Bem-aventurado Gabriel Maria de Benifayó
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Relatório de Munique: Bento XVI corrige seu depoimento

BENEDYKT XVI

PAOLO COCCO / AFP

I. Media - publicado em 24/01/22 - atualizado em 24/01/22

O Papa Emérito anuncia um novo depoimento depois de conhecer o conteúdo do relatório sobre abusos na Arquidiocese de Munique

Citado no relatório sobre a gestão de casos de abusos sexuais na arquidiocese de Munique-Freising, o Papa Emérito Bento XVI, que chefiou a arquidiocese de 1977 a 1982, anunciou que gostaria de corrigir seu testemunho inicial. O fato foi anunciado hoje pela agência de imprensa alemã KNA.

Contrariamente ao seu depoimento inicial, ele agora admite ter participado de uma reunião em 1980, durante a qual se avaliou a acolhida na arquidiocese de um padre acusado de pedofilia. Ele afirma o erro no depoimento inicial foi “consequência de um descuido no tratamento editorial de sua posição”.

Em seu testemunho de 82 páginas, publicado anexo ao relatório, Bento XVI negava ter participado desta reunião de 15 de janeiro de 1980 como arcebispo. Os especialistas do escritório de advocacia de Munique Westpfahl Spiker Wastl questionaram essa informação.

O Papa emérito, em sua retificação, feita por meio de seu secretário, monsenhor Georg Gänswein, afirma que durante a reunião mencionada não foi decidido sobre a vinculação do padre em questão às atividades pastorais da arquidiocese”.

Em vez disso, foi aceito o pedido do padre “para ser acomodado em Munique durante seu tratamento terapêutico”. O padre recebeu tratamento médico na época.

Em sua declaração, Bento XVI assegura que seu erro não teve qualquer tipo de intenção maliciosa. Ele expressou seu pesar e pediu aos especialistas que o desculpem.

O Papa emérito deve divulgar uma declaração detalhada em uma data posterior, disse seu secretário. Na ocasião, ele explicará detalhadamente o que foi dito na reunião de janeiro de 1980.

Segundo o secretário de Bento XVI, a revisão completa das quase 1.900 páginas do relatório leva tempo, principalmente devido à idade e saúde do Papa emérito. A leitura do documento até agora – disse o secretário – encheu Bento XVI “de vergonha e dor pelo sofrimento” infligido às vítimas.

Tags:
Abusos SexuaisBento XVIVaticano
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia