Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 08 Agosto |
São Domingos de Gusmão
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Fiéis de regiões afetadas pelas fortes chuvas no Brasil rezam ao padre Libério

FLOOD, BRAZIL

Douglas MAGNO / AFP

Octavio Messias - publicado em 25/01/22

Sacerdote em processo de beatificação já é tido como santo pela população

De Capitólio a Ouro Preto, os estragos e a devastação gerados pelas fortes chuvas em Minas Gerais (Brasil) neste início de ano levaram mais de 250 municípios do Estado a declararem situação de emergência. Como Pará de Minas e Nova Lima, no centro-oeste mineiro, que entraram em alerta máximo e onde habitantes foram evacuados de suas casas devido ao rompimento iminente de barragens das represas. 

Muitos dos locais creditam o não-rompimento das barragens a Padre Libério, amado sacerdote da região cujo processo de beatificação está sendo avaliado pelo Vaticano. As postagens da população da região pedindo intercessão do Padre Libério chamaram tanto a atenção nas redes sociais que originaram uma reportagem do jornal Folha de S. Paulo destacando a popularidade do sacerdote.

“Padre Libério não vai deixar [que] isso aconteça, será o milagre que está faltando para sua beatificação”, disse um post. “Padre Libério está intercedendo! Tantos milagres que ele fez, este será mais um”, acrescentou uma devota.

Auxílio a cavalo

Libério Rodrigues Moreira nasceu na cidade mineira de Lagoa Santa em 1884. De uma família humilde com sete crianças, o jovem trabalhou desde cedo ajudando os pai na condução de manadas e depois como auxiliar de pedreiro. Em 1916, aos 32 anos, foi ordenado padre no município de Mariana (MG) pelo arcebispo Dom Silvério Gomes Pimenta. 

Já no exercício sacerdotal, Padre Libério adquiriu o hábito de visitar, sobre o lombo de um cavalo, os municípios da região – Pitangui, São José da Varginha, Leandro Ferreira e Pará de Minas –, levando ajuda a famílias necessitadas e orientação espiritual. Essas cavalgadas foram narradas no livro O Servo Fiel, a biografia de Padre Libério, escrita por José Roberto Pereira. “As pessoas o tinham como um membro da família, porque ele andava para muitos lugares e dormia na casa das pessoas. Muitas famílias da região ainda guardam objetos utilizados pelo padre quando hospedado em suas casas”, diz o autor. 

Beatificação

Como descreve seu biógrafo, o sacerdote era tão querido na região que quando chegou a Pará de Minas, nos anos 1960, já era considerado um sacerdote e atraía multidões de fieis para suas missas. Passados mais de 40 anos de sua morte, em 1980, na cidade de Divinópolis (MG), ainda são comuns peregrinações de milhares de fiéis para visitar o túmulo onde o padre foi enterrado, em Leandro Ferreira (MG).

Em 1996, o padre Adelmo Sérgio Gomes entrou com um pedido no Vaticano pela beatificação de Padre Libério. Vinte anos depois, uma comitiva da Santa Sé esteve no centro-oeste mineira para a coleta de documentos e de informações sobre o sacerdote. A documentação foi concluída já em novembro de 2016 e enviada para a Congregação para as Causas dos Santos (CCS). Depois de receber o parecer de bispos e teólogos, o relatório final deve chegar ao Papa Francisco para que Padre Libério seja considerado venerável, o último passo antes da beatificação.

Para muitos fiéis mineiros, Padre Libério já é um santo, e a contenção das barragens, um milagre realizado por ele. 

Tags:
BeatificacaoMilagreSantos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia