Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 25 Setembro |
Santo Aunacário ou Aunacário
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Irmã Verônica, o anjo da guarda das grávidas

WEB2-SISTER-VERONICA-INDIA-Missionary-Sisters-of-Mary-Help-of-Christians-MSMHC.jpg

Missionary Sisters of Mary Help of Christians (MSMHC)

A irmã Veronica Vuantei é uma das muitas religiosas católicas que servem aos irmãos mais pobres na Índia

Agnès Pinard Legry - publicado em 26/01/22

Conheça a história inspiradora da mulher que abraçou três vocações: é religiosa, enfermeira e parteira na Índia

A Irmã Verônica Vuantei, 53 anos, abraçou uma tríplice vocação: é religiosa, enfermeira e parteira. Membro das Irmãs Missionárias de Maria Auxiliadora, ela testemunha incansavelmente o amor de Cristo através do serviço ao próximo em um centro de saúde na aldeia de Sohklong, no estado indiano de Meghalaya.

“Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância”. Irmã Verônica Vuantei fez destas palavras de Cristo (Jo 10,10) a pedra angular de sua vida.

Natural de Aizawl, uma cidade no estado indiano de Mizoram, no nordeste da Índia, ela terminou seus estudos de enfermagem em 2000 – treinamento e conhecimento que ela agora usa para ajudar os pobres em cidades distantes, relata o diário indiano The Shillong Times.

 Atualmente, ela trabalha em um centro de saúde no vilarejo de Sohklong, no estado de Meghalaya, onde exerce sua profissão de enfermeira, especialmente como parteira. O centro tem 11 leitos e uma sala de parto.

“Uma enfermeira é aquela que abre os olhos de um recém-nascido e gentilmente fecha os olhos de um moribundo”, disse ela ao Shillong Times. “É realmente uma grande bênção ser a primeira e a última a testemunhar o início e o fim da vida.”

Anjo da guarda das grávidas

Quando as grávidas a procuram, ela nunca pergunta a idade; só quer saber se elas têm seus pais ou marido com elas. “Eu nunca pergunto a idade, pois algumas têm menos de 18 anos. Essas jovens grávidas têm medo de ir ao CHC [centro comunitário de saúde] porque terão que revelar sua idade lá”, disse ela ao jornal.

A situação das mulheres na Índia, especialmente as grávidas, continua extremamente difícil. Além do estupro e da violência sexual, de que são regularmente vítimas, há também o problema dos abortos “seletivos” para evitar ter uma menina.

De acordo com o Fundo de População das Nações Unidas, de 2013 a 2017 a Índia teve uma média de 461.500 “nascimentos femininos perdidos” por ano e agora estão faltando 45,8 milhões de mulheres em sua população.

Tags:
MundoReligiososTrabalhoValoresVocação
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia