Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Agosto |
Bem-aventurado Gabriel Maria de Benifayó
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Papa: com Jesus se navega no mar da vida sem medo

POPE dience to the Foundation Group House of the Spirit and the Arts members at the Vatican.

Photo by Handout / VATICAN MEDIA / AFP

Reportagem local - publicado em 06/02/22

"Sem ceder à desilusão quando nada se pesca e sem se render ao 'não há mais nada que possa ser feito"

O Papa Francisco convidou os fiéis a não cederem à desilusão e à amargura nos momentos de dificuldade.

No Angelus deste domingo, na Praça de São Pedro, o Papa comentou o Evangelho do dia.

Todos os dias o barco de nossa vida deixa as margens de casa para navegar no mar das atividades cotidianas; todos os dias tentamos “pescar distante”, cultivar sonhos, levar adiante os projetos, viver o amor em nossas relações. Mas, muitas vezes, como Pedro, vivemos a “noite de redes vazias”, a desilusão de trabalhar tanto e não ver os resultados desejados: “Tentamos a noite inteira, e não pescamos nada”. Quantas vezes nós também ficamos com uma sensação de derrota, enquanto desilusão e amargura nascem no coração. Dois carunchos perigosos.

O nosso barco

“O que o Senhor faz então? Escolhe entrar no nosso barco”, pois “de lá ele quer anunciar o Evangelho”, afirmou o Papa Francisco.

Aquele barco vazio, símbolo de nossa incapacidade, torna-se a “cátedra” de Jesus, o púlpito de onde proclama a Palavra. O Senhor ama fazer isso: o Senhor é o Senhor das surpresas, dos milagres nas surpresas; entrar no barco de nossa vida quando não temos nada para oferecer-lhe; entrar em nossos vazios e enchê-los com sua presença; usar a nossa pobreza para anunciar sua riqueza, nossas misérias para proclamar sua misericórdia. Lembremo-nos disso: Deus não quer um navio de cruzeiro, basta-lhe um pobre barco “em ruínas”, desde que o acolhamos, sim acolhê-lo. Não importa qual barco, mas acolhê-lo.

Pecadores

“Mas nós o deixamos entrar no barco de nossa vida? Colocamos à sua disposição o pouco que temos?”, perguntou o Santo Padre.

“Às vezes nos sentimos indignos dele porque somos pecadores. Mas esta é uma desculpa que o Senhor não gosta, porque o afasta de nós! Ele é o Deus da proximidade, da compaixão, da ternura e não busca o perfeccionismo, busca o acolhimento.” Segundo o Papa, Deus diz a você também: “Deixe-me entrar no barco da sua vida”. “Mas, Senhor, olha… “. Deixe-me entrar assim como ela é”. Pensemos!”, sublinhou Francisco.

Sem medo

Assim, o Senhor reconstrói a confiança de Pedro. Entrando no barco, depois de ter pregado, lhe disse: “Avance para águas mais profundas”. “Não era um momento propício para pescar, mas Pedro confia em Jesus. Não se baseia nas estratégias dos pescadores, que ele conhecia bem, mas se baseia na novidade de Jesus. Aquele encanto que o movia a fazer o que Jesus lhe dizia. Para nós também é assim: se acolhermos o Senhor em nosso barco, poderemos avançar”, sublinhou o Papa, reiterando que “com Jesus se navega no mar da vida sem medo, sem ceder à desilusão quando nada se pesca e sem se render ao ‘não há mais nada que possa ser feito'”.

Sempre, tanto na vida pessoal quanto na da Igreja e da sociedade, há algo bonito e corajoso que pode ser feito, sempre. Sempre podemos recomeçar, o Senhor sempre nos convida a voltar ao jogo porque Ele abre novas possibilidades. Portanto, aceitemos o convite: afastemos o pessimismo e a desconfiança e partamos com Jesus! Até o nosso pequeno barco vazio testemunhará uma pesca milagrosa.

(Com Vatican News)

Tags:
AngelusJesusPapa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia