Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Agosto |
Bem-aventurado Gabriel Maria de Benifayó
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Erro de padre invalida batismos feitos durante 20 anos

baptism

Josh Applegate | Unsplash CC0

J-P Mauro - Ricardo Sanches - publicado em 10/02/22 - atualizado em 10/02/22

Os batismos inválidos também invalidam os sacramentos recebidos posteriormente, como a confirmação e o matrimônio

O Pe. Andres Arango, da Diocese de Phoenix, nos Estados Unidos, renunciou ao seu cargo de pároco depois que foi descoberto que ele errou a fórmula do batismo por mais de 20 anos. 

O bispo Thomas J. Olmstead declarou que todos os batismos realizados por Arango são inválidos, o que invalidaria também outros sacramentos recebidos posteriormente pelas pessoas que tinham sido batizadas de forma equivocada pelo Pe. Arango.

Ordenado em 1995

Depois de frequentar o seminário em Salvador, Brasil, Pe. Arango foi ordenado em 1995. Nos 27 anos seguintes, o padre ocupou vários cargos como clérigo no Brasil e nos Estados Unidos. Estes incluem pastor, professor, administrador paroquial e diretor do Newman Center da San Diego State University. 

Os problemas surgiram quando se descobriu que o Pe. Arango estava usando a fórmula incorreta para o batismo. Ele dizia: “NÓS te batizamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”. A Diocese explicou : 

“O problema em questão é o uso de ‘nós‘ no lugar de ‘eu‘. Não é a comunidade que batiza uma pessoa e a incorpora à Igreja de Cristo; é Cristo, e somente Cristo, quem preside a todos os sacramentos. Portanto, é Cristo quem batiza. A Fórmula Batismal (as palavras usadas no Rito) sempre foi guardada por esta razão: então é claro que recebemos nosso batismo por meio de Jesus e não da comunidade.”

Sacramentos inválidos

Um dos aspectos mais preocupantes desse cenário é a forma como um batismo inválido afeta os demais sacramentos. A Aleteia conversou com o Pe. Pius Pietrzyk, advogado canônico e civil, bem como professor de direito canônico na Casa Dominicana de Estudos, que explicou: 

“O batismo é a porta de entrada na Igreja; sem batismo não se é cristão. Por ser o primeiro sacramento, é necessário para todos os outros. Então, se eles tentaram outros sacramentos como a confirmação ou o matrimônio, eles são inválidos. Assim, vinte anos da vida sacramental de centenas de pessoas foram invalidados devido a uma grave negligência pastoral”.

Primeira comunhão

O site da Diocese de Phoenix, onde há uma página de perguntas frequentes para obter informações sobre a situação, esclarece que a primeira comunhão não é tecnicamente inválida sem um batismo. Só pode haver uma “primeira comunhão”, então se você recebeu a Eucaristia, mesmo sem ser batizado, você recebeu a sagrada comunhão. O site, no entanto, adverte os fiéis a não continuarem a receber a sagrada comunhão até serem batizados com a fórmula correta.

Confirmação e matrimônio

Em relação à confirmação, as coisas não são tão simples. Esse sacramento requer um batismo válido. Portanto, qualquer pessoa cujo batismo foi considerado inválido deve refazer a confirmação.

O mesmo acontece com o matrimônio, mas a diocese admite que “há muitas variáveis ​​quando se trata de casamentos válidos”. O site afirma que as questões de casamentos realizados após um batismo inválido serão analisadas caso a caso. 

A diocese também instrui que quem teve o batismo invalidado não precisa necessariamente se confessar. 

A nova missão de Pe. Arango

Embora Pe. Arango tenha renunciado ao cargo de pároco de sua paróquia, ele ainda é considerado um padre em boas condições perante a Igreja. Ele está trabalhando em estreita colaboração com a diocese para identificar todos aqueles para quem ele ministrou batismos de forma equivocada.

Em uma carta de desculpas, fornecida pela Diocese de Phoenix , ele escreveu: 

“Me entristece saber que realizei batismos inválidos durante todo o meu ministério como sacerdote usando regularmente uma fórmula incorreta. Lamento profundamente meu erro e como isso afetou muitas pessoas em sua paróquia e em outros lugares. Com a ajuda do Espírito Santo e em comunhão com a Diocese de Phoenix, dedicarei minha energia e ministério em tempo integral para ajudar a remediar isso e curar os afetados”.

No Brasil

Muitos brasileiros também podem ter tido seus batismos invalidados, pois o Pe. Arango trabalhou no país antes de se mudar para os Estados Unidos. Ele atuou em Salvador, BA, no fim da década de 1990.

Entretanto, a Diocese de Salvador ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Tags:
BatismoIgrejaPadresSacramentos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia