Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Agosto |
Bem-aventurado Gabriel Maria de Benifayó
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Pe. Zezinho: “Li que os jovens católicos estão virando evangélicos”

Jovens católicos estão virando evangélicos?

Shutterstock | Jantanee Runpranomkorn

Reportagem local - publicado em 10/02/22

O sacerdote reflete sobre a liberdade dos fiéis de ficar ou partir

Em sua rede social, o pe. Zezinho comentou sobre o panorama dos jovens católicos que estão virando evangélicos, sugeriu que é importante questionar até que ponto está ocorrendo esse fenômeno, sem generalizações, e, por fim, refletiu sobre a importância de se respeitar a liberdade dos fiéis na sua escolha de ficar ou partir.

Eis o que ele escreveu: 

“Li que os jovens católicos estão virando evangélicos. Quem disse isto opinou sobre alguns casos e regiões e não sobre todas as regiões do Brasil.

Não fico chocado. Também há jovens virando ateus, ou muçulmanos, ou budistas, no mundo inteiro. E há adultos católicos que também mudaram de púlpito, de lar e de pia de batismo. 

E outros voltaram a ser católicos. 

Não há estatísticas confiáveis sobre quantos. Conheço muitíssimos católicos que um dia mudaram de religião. Muitos deles continuam meus amigos. Respeito-os como irmãos em Cristo!”

O padre Zezinho prosseguiu:

“Por que não me assusto?

Minha fé em Jesus nunca foi proselitista, nem elitista, nem exclusivista, nem excludente, mas sempre foi dialogante. Minha irmã, que era católica e Filha de Maria, um dia encantou-se com um jovem metodista piedoso e respeitador e passou a seguir o metodismo. Nossa família entendia e ainda entende que quem crê em Jesus ou em outra religião, ou até quem duvida de tudo, merece o mesmo carinho que os outros membros da família. 

Não sou menos amado porque sou padre! E não os amo menos só porque alguns seguem outra igreja! Meu cunhado tem hoje 96 anos e é um prazer falar com ele. Ecumenismo é coisa da mente e do coração. Quem ama dialoga e não faz pouco da fé alheia!

Creio nos valores da Igreja Católica, cujo nome data do primeiro século de Santo Inácio de Antioquia. Ele cunhou o nome kat holos (para todos; cat-hólico!). Os cristãos começaram a chamar-se católicos no ano 101.  Não era só para israelitas: era para todos (kat holos). Desde então há cristãos católicos porque incluímos. Até recitamos nas missas que Jesus veio para os ‘de boa vontade’.

Discordamos também, ou concordamos sem perder o respeito mútuo. Jesus nunca disse aos apóstolos que deveriam fazer discípulos à força ou com truques de palavras e pregações. Deveriam ser ‘sim-sim; não-não’”. 

Isso posto, o padre observou:

“Quer seguir outros pregadores? Quer se reunir em altares de outras igrejas? Quer mudar de templo e igreja? Quer fazer passeata e caminhar com Jesus em nome de outra igreja? Nem por isso vou odiar você! Você é livre! 

Jesus fez o mesmo em João 6, 64-67. Deixou ir. Se alguém gosta do discurso e da vivência de outros pastores ou sacerdotes, é porque escolheu! Então, seja feliz na nova fé! Ninguém tem que crer como eu creio. Eu também escolhi! Ninguém será preso ou mandado para o inferno por isto!

Mas sei que o critério ‘veracidade’ não rima com ‘voracidade’. O critério ‘caridade’ não depende de números ou de templos cheios. Em algumas cidades éramos maioria. Hoje há outros templos mais cheios que os nossos. Os tempos e os templos mudam com impressionante rapidez”.

Voltando ao enfoque inicial nos jovens católicos que estão virando evangélicos, o pe. Zezinho finalizou:

“Quanto aos jovens, acho que nem eles nem nós estamos satisfeitos. A televisão, os estádios, as ruas e as universidades e as praias, por enquanto, congregam mais jovens do que as igrejas, por mais novidades que prometam! 

Um dia eles terão filhos e as coisas mudarão. Se amarem alguém de verdade, encontrarão Deus e, então, escolherão alguma igreja. Fila de cinema, de estádio ou de shows de rock em geral atraem mais do que fila de comunhão. Mas tudo tem seu tempo na vida! 

O amor costuma amadurecer a pessoa, e, aos poucos, revelar mistérios que não vemos aos 15 ou 30 anos”.

Pe. Zezinho: “Li que os jovens católicos estão virando evangélicos”
Leia também:
Tags:
Igreja CatólicaJuventudePadresReligião
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia