Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 03 Março |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Ele morreu de câncer, mas antes arrecadou 80.000 para curar um menino de 6 anos

RHYS LANGFORD

@myshiningstaruk

Dolors Massot - publicado em 15/02/22

"Se não há nada que possa ser feito por mim, quero tentar ajudar a salvar aquele menininho", disse Rhys a seus pais

Jovem? Adolescente? Rhys Langford certamente era um homem maduro. Ao morrer, quando tinha apenas 19 anos, ele já havia alcançado um marco em sua vida: arrecadar uma quantia significativa de dinheiro – 80.000 dólares – para uma criança receber tratamento contra o câncer. Foi o que lhe deu sentido em seus últimos meses de batalha contra o osteossarcoma.

“Se não há nada que possa ser feito por mim, quero tentar ajudar a salvar aquele menininho”, disse Rhys a seus pais, Catherine e Paul, quando soube que ia morrer. E muitas pessoas responderam ao seu chamado de solidariedade.

Enfrentou com coragem

Em 2020, ele foi diagnosticado com osteossarcoma. Longe de entrar em desespero, Rhys enfrentou a doença com fé e coragem. Ele quis se concentrar em ajudar os outros até onde sua situação permitisse.

Então ele empreendeu a campanha para arrecadar fundos que permitiriam o tratamento para o pequeno Jacob, um menino de 6 anos, que sofre da mesma doença e que mora na cidade de Ebbw Vale, no País de Gales (Reino Unido), como a família Langford.

Rhys faleceu na terça-feira passada cercado pelo carinho de sua família. Sua mãe anunciou a morte desse jovem lutador através de sua conta no Facebook. “Ele morreu silenciosamente em casa cercado por sua família”, disse ele.

Rhys foi um testemunho poderoso de como podemos amar uns aos outros até o último momento.

Obrigado, Rhys. Descanse em paz.

Tags:
CaridadeDoençaSaúdeTestemunho
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia