Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Agosto |
Bem-aventurado Gabriel Maria de Benifayó
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Padre Zezinho sobre casamento: “Não pode brincar de fazer o que tem vontade”

casamento e divórcio

InesBazdar | Shutterstock

Reportagem local - publicado em 21/02/22

"O outro, a outra e os filhos têm direitos. Às vezes, esta 'liberdade' acaba causando graves conflitos familiares"

O padre Zezinho falou sobre casamento e separação em mais uma postagem via rede social: ele compartilhou um comentário sobre a responsabilidade que os cônjuges assumem quando se unem – e também quando se separam, já que, aceitem ou não, os laços matrimoniais são para sempre.

O sacerdote contou a seguinte história:

“Ela era Filha de Maria e ele congregado mariano! Eram de frequentar a igreja duas vezes por semana. Tiveram cinco filhos. Um dia, depois de 17 anos de casamento, a tentação o derrotou. Tinha uma filial da loja em outra cidade e acabou tendo também uma secretária filial, vinte anos mais nova que ele. Disse que cansara do primeiro casamento e mudou de mala e cuia para as duas filiais. Viveu assim por doze anos.

A esposa legítima continuou na ativa na Igreja e ele ativo no adultério! Mas o coração não aguentou. Enfartou por razões que só o médico soube.

Vendo a fragilidade dele, a moça filial o abandonou e ficou com o apartamento e com boa parte da loja filial. Coisa de advogados que existem para isto.

Fragilizado pela enfermidade, passou para a família o que restou das quatro lojas que se multiplicaram. Não tendo como se cuidar, uma das filhas casadas o acolheu numa casinha meia água. O filho engenheiro mudou; o outro, professor universitário, também mudou de cidade; uma das filhas fora morar no exterior com o marido. Ficou o filho mais jovem que também se casou, levou a mãe para a casa. A casa da mãe foi alugada para ajudar a mãe.

Por misericórdia, às vezes a primeira esposa ia cuidar dele para aliviar a carga da filha que trabalhava com o jovem marido numa construtora”.

Em seguida, o padre Zezinho refletiu sobre o casamento e os anseios irresponsáveis por uma falsa liberdade:

“Por que conto estas coisas? Porque elas acontecem! E porque existem bons filhos e excelentes esposas abandonadas pelo marido sequioso de liberdade.

Também acontece com mulheres que largam tudo por um novo homem. Mas quem mais sofre são as esposas.

Jesus sabia das coisas. Por isto falou claro. Não abrandou a doutrina da fidelidade! Disse que aquele que faz isto comete adultério. A punição vem de muitas maneiras. Afinal, filhos e netos e agregados muitas vezes são 20 ou 30 pessoas feridas. Se ficar no lar contra a vontade não dá certo, fazer o que se quer também não dá!

É por isto que se fala em ‘laços matrimoniais’. Quem casou, nunca mais pode brincar de fazer o que tem vontade. O outro, a outra e os filhos têm direitos. E, às vezes, esta liberdade acaba causando graves conflitos familiares!”.

Tags:
CasamentoFamílialiberdade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia