Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 22 Maio |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Pe. Zezinho questiona critérios para escolher “pregadores preferidos”

Padre Zezinho

Pe. Zezinho

Reportagem local - publicado em 24/02/22

"Alguns católicos preferem seguir primeiro um presidente, um ex-presidente, um partido, e só depois as diretrizes sociais da nossa Igreja", observa o padre

O pe. Zezinho publicou em sua rede social um comentário no qual questiona os critérios de alguns católicos para escolher seus “pregadores preferidos”.

Eis o que ele escreveu:

“Todo católico pode ter o seu padre ou mestre preferido porque escolher um mestre pode ser uma opção – sempre depois do Mestre Jesus e depois do Papa e do seu bispo diocesano. A sintonia cria seguidores e amigos, de preferência do mesmo sonho e da mesma espiritualidade.

O que nenhum católico tem é o direito de diminuir as qualidades ou a autoridade de outros padres e mestres, ou teólogos, ou do Papa, dos bispos e da CNBB por causa de preferências catequéticas cheias de viés político. Isto vale para qualquer escolha política: centro, direita, esquerda.

Poucos católicos seguem as diretrizes da doutrina social característica da nossa Igreja. Preferem seguir primeiro um presidente, um ex-presidente, um partido, e só depois as diretrizes sociais da nossa Igreja”.

O padre prosseguiu, comentando sobre o impacto da opção por “pregadores preferidos” ou “preteridos” quando as razões preponderantes são mais baseadas em viés político do que na doutrina:

“É bom lembrar que calúnias contra o outro catequista, ou contra o Papa, ou a CNBB, são atitudes políticas e religiosas com clara intenção de diminuir as autoridades. Deus conhece as intenções do católico que diminui o outro por causa de espiritualidade ou de tendências políticas.

Jesus sabia o que os fariseus pensavam. Para ele não era segredo a ambição religiosa e política daquela seita e partido. Exigiam que Jesus tomasse um partido e Ele tomou o partido dos pobres e dos sem ninguém por eles. Quem ainda não achou estas claríssimas passagens dos evangelhos, ou não leu, ou não as entendeu. Ele tinha pena dos sem ninguém por eles e acolhia pecadores sem apoiar o seu pecado”.

Tags:
IdeologiaIgreja CatólicaPadresPolítica
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia