Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 08 Agosto |
São Domingos de Gusmão
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Petrópolis: um padre como bombeiro voluntário

PETROPOLIS

@PMERJ

Reportagem local - publicado em 25/02/22

"O padre é um homem de fé, muita fé. E eu tenho fé nesse nosso Deus todo-poderoso. Deus carrega ao colo toda Petrópolis"

Um padre está trabalhando como bombeiro voluntário em Petrópolis para ajudar nas buscas aos desaparecidos, que ainda são mais de 40 pessoas. O número de mortos, tragicamente, já ultrapassou a triste marca de duzentos.

O pe. Sebastião Reis, que tem mais de vinte anos de sacerdócio, é administrador paroquial em São Gonçalo, RJ, e, portanto, faz parte da arquidiocese de Niterói.

Seu desejo de atuar como bombeiro voluntário veio de um curso de primeiros socorros que o inspirou a “qualificar-se na medida em que as oportunidades vinham”. Essa qualificação lhe permite agora a possibilidade de ajudar o próximo em momentos de excepcional necessidade, razão pela qual ele aponta uma grande semelhança entre a vocação sacerdotal e a missão do bombeiro: justamente “o próximo”. Além disso, ele considera que, “de certa forma, fazemos um juramento de não nos omitirmos na hora em que o sinistro acontece”.

Quando se disponibilizou a ajudar nos socorros em Petrópolis, o sacerdote encontrou, segundo suas próprias palavras, “um cenário de total destruição: Petrópolis mais parece uma cidade bombardeada. A cidade está triste. É de cortar o coração”.

Em declarações recolhidas pelo portal Vatican News, o pe. Sebastião relata que, além da ação voluntária como bombeiro, continua, naturalmente, exercendo o ministério sacerdotal “pelas orações silenciosas durante o caminho pela cidade, clamando ao bom Deus por todos”; “pela celebração da Santa Missa”; “ouvindo os petropolitanos e os aconselhando”; e “só pelo fato de estar aqui nestes locais”, porque isto é “uma prova de unidade na dor, pelo amor; afinal, quem ama mais, sofre mais”.

Nem todos os outros voluntários e bombeiros sabem que ele é padre, mas os que sabem o tratam com respeito, conta o próprio sacerdote, que reflete:

“Eles devem se sentir mais perto de Deus, eu penso assim. O padre é um homem de fé, muita fé. E eu tenho fé nesse nosso Deus todo-poderoso. Deus carrega ao colo toda Petrópolis”.

Conheça outra história inspiradora de padre-herói que viralizou no ano passado:

Tags:
CaridadePadressolidariedadeTragédia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia