Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 25 Setembro |
Santo Aunacário ou Aunacário
Aleteia logo
Cultura & Viagem
separateurCreated with Sketch.

Memorial Ucraniano de Curitiba: a fé, elemento-chave de um povo

Memorial Ucraniano de Curitiba

Jean Servais Henri Colemonts, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Francisco Vêneto - publicado em 28/02/22

Um dos cartões postais de Curitiba é um testemunho vivo da fé e da identidade do povo ucraniano, preservada no Brasil

O Memorial Ucraniano de Curitiba foi construído em homenagem aos 100 anos da chegada dos primeiros imigrantes vindos da Ucrânia para a capital do Paraná, o que ocorreu em 1891. Naquele ano, oito famílias ucranianas se estabeleceram na cidade e, a partir de então, mais de 45 mil imigrantes da mesma origem chegariam a Curitiba.

Além da capital paranaense, dezenas de outras cidades do estado do Paraná também acolheram o povo que vinha da Ucrânia: a mais emblemática dessas cidades é Prudentópolis, que hoje tem cerca de 52.000 habitantes, dos quais 75% são descendentes de ucranianos. Estima-se que haja no Brasil, atualmente, em torno de 600.000 brasileiros com ascendência ucraniana, a maioria vivendo no Paraná.

A força da fé como parte da identidade

O Memorial Ucraniano de Curitiba faz parte de um dos muitos e belos parques da cidade, o Tingui, um espaço público verdejante e convidativo para o relaxamento em meio à natureza e para a reflexão sobre o que constitui a identidade de um povo. No caso do povo ucraniano, é quase instantaneamente perceptível a força da fé cristã como elemento indissociável dessa identidade.

Na área do memorial, de fato, o maior dos destaques é a réplica da igreja de São Miguel, originalmente construída pelos próprios imigrantes ucranianos na Serra do Tigre, localizada no também paranaense município de Mallet. Trata-se de uma igreja construída em madeira, no estilo bizantino tal como adaptado às terras eslavas. Ao lado da capela há um campanário que, segundo o site da prefeitura de Curitiba dedicado ao turismo na cidade, “simboliza a integração à nova terra e a importância da religião como mantenedora da unidade cultural”.

As pêssankas

Também existe no complexo do memorial uma exposição permanente de pêssankas, os famosos ovos pintados à mão, muito característicos da cultura ucraniana e típicos do período pascal. Em si mesmos, os ovos são tradicionais símbolos de vida, e os desenhos cuidadosamente pintados em suas cascas vão muito além das meras formas geométricas aleatórias: eles seguem um cânone minucioso, em que cada elemento decorativo simboliza um aspecto específico da fé cristã no Cristo Ressuscitado.

Alguns exemplos, entre muitos outros:

  • Triângulo: é símbolo da Santíssima Trindade
  • Cruz: simboliza a paixão, morte e ressurreição de Cristo e evoca a vitória sobre a mortalidade
  • Rede: Cristo como pescador de homens
  • Peixe: é um antiquíssimo símbolo do cristianismo
  • Estrelas: representam o amor de Deus para com o homem, enquanto
  • Escada: representa o casamento, que exige esforço conjunto para dar passos rumo ao céu

Durante o regime comunista, que é violentamente ateu, as pêssankas foram proibidas na Ucrânia, mas continuaram a ser produzidas “clandestinamente” longe das grandes cidades. Com a independência da Ucrânia em 1991 e o resgate das liberdades individuais, esses belos símbolos de fé cristã voltaram a ser produzidos e reconhecidos como parte da cultura do país.

Aliás, na área externa do Memorial Ucraniano de Curitiba, merece destaque a escultura de uma pêssanka gigante, feita pelo artista Jorge Seratiuk, reforçando o peso cultural dessa inspiradora tradição.

Festas típicas

Ao longo do ano, acontecem festas típicas da Ucrânia no memorial, que também possui espaços para venda de artesanato – incluindo as próprias pêssankas, além de ícones e bordados, alguns deles com temática cristã. A loja de souvenirs funciona em uma casa de típica arquitetura ucraniana antiga.

De acordo com o site da prefeitura de Curitiba, entre as festas que acontecem no memorial estão a Bênção dos Alimentos (no Sábado de Aleluia), a Festa Nacional da Ucrânia (em agosto), a Festa da Colheita (em outubro) e a Festa de São Nicolau (em novembro).

Memorial Ucraniano de Curitiba
Memorial Ucraniano de Curitiba, cerimônia de bênção dos alimentos

Serviço

Endereço do Memorial Ucraniano de Curitiba:
Rua Dr. Mba de Ferrante, s/nº, Parque Tingui

Contato:
(41) 3240-1103
memoriais@fcc.curitiba.pr.gov.br

Horário de funcionamento:
10h às 17h45 (3ª feira a domingo)

Tags:
CulturaHistóriaReligiãoSociedade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia