Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 08 Agosto |
São Domingos de Gusmão
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Arcebispo de Kiev: pessoas estão vendo anjos luminosos no céu da Ucrânia

Sviatoslav Shevchuk, arcebispo maior de Kiev, Ucrânia

Krysja | Shutterstock

Sviatoslav Shevchuk: lembrou que São Miguel Arcanjo é padroeiro de Kiev

Ricardo Sanches - publicado em 07/03/22 - atualizado em 28/06/22

"O Arcanjo Miguel, juntamente com toda a Hoste Celestial, está lutando pela Ucrânia", afirmou o líder da Igreja Grego-Católica Ucraniana

Nos últimos dias, alguns perfis das redes sociais publicaram imagens de nuvens em formato de anjos sobre o céu de Kiev e de outras cidades da Ucrânia.

A veracidade das fotografias é difícil de ser comprovada. Entretanto, as imagens levaram um pouco de alento para o país em guerra e chamaram a atenção nas redes sociais. “Que os anjos possam abençoar a Ucrânia”, comentou uma internauta.

“São Miguel Arcanjo e sua milícia intercedendo pela Ucrânia”, escreveu outro perfil do Twitter.

Arcebispo comenta imagens de anjos no céu da Ucrânia

O arcebispo de Kiev, Sviatoslav Shevchuk – líder da Igreja Greco-Católica Ucraniana – gravou um vídeo no qual se refere às possíveis imagens de anjos que apareceram no céu da Ucrânia.

“Muitas pessoas de toda a Ucrânia estão se voltando para mim dizendo que viram anjos luminosos sobre a terra da Ucrânia,” afirmou ele.

O religioso mencionou São Miguel Arcanjo, padroeiro de Keiv e que tem forte presença nos símbolos da capital ucraniana:

“Aqui em Kiev, o padroeiro de nossa cidade é São Miguel Arcanjo”.

Para o arcebispo, o “Arcanjo Miguel juntamente com toda a Hoste Celestial está lutando pela Ucrânia”. Ele aproveitou para, mais uma vez, pedir a proteção do arcanjo para o país em guerra:

“Ó Arcanjo Miguel e todos os Poderes do Céu, lutai pela Ucrânia! Derrubai aquele demônio que está nos atacando, trazendo devastação e morte!”

Sinais do Céu?

Se as imagens de anjos no céu da Ucrânia forem verdadeiras – como se espera que sejam – é correto afirmar que elas, então, seriam “sinais”, e não obras do acaso?

Entendendo-se por “sinal” aquilo que contém um “significado”, certamente não há erro em dizer que são sinais naturais – ou seja, estão “previstos” na ordem natural das coisas e, por mais que pareçam inusitados ao nosso olhar, significam primariamente a própria existência dessa ordem natural. E isto já é grandiosamente instigante: existe uma ordem natural em vez de mero acaso.

De fato, não é apenas o sobrenatural que pode nos impactar: a natureza mesma, incluindo a nossa capacidade natural de admirar o belo, também tem muito a nos “dizer”, dado que o fascínio da natureza, em si mesmo, já nos remete a uma das perguntas-chave da filosofia e da ciência: qual é a origem de tudo isso?

Sentido

Mesmo um acontecimento tranquilamente explicável pela ordem natural das coisas pode servir como “gatilho” para reflexões importantes.

O cristão acredita que Deus nos fala através de sinais, sejam naturais, sejam sobrenaturais, e que Ele sempre deixa à liberdade de consciência de cada um a decisão final de como interpretá-los. Os próprios ateus, aliás, costumam enfatizar que as tragédias são uma “prova” de que Deus não existe, apelando para a sua “fé” na inexistência de Deus com base em sinais passíveis de interpretações pessoais (que, aliás, cientificamente falando, não são válidos como provas).

Para quem crê na inexistência de Deus, tudo é e será sempre mero acaso e falta de sentido. Para quem acredita em Deus e no sentido sobrenatural da existência, tudo é e será sempre um grande milagre, testemunhado por uma abundância de sinais repletos de sentido.

“Narram os céus a glória de Deus, e o firmamento anuncia a obra de Suas mãos” (Salmo 18, 2)

Tags:
AnjosCéuGuerraUcrânia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia