Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 04 Outubro |
São Francisco de Assis
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Idoso abraçado à cruz na Ucrânia comove o mundo

Idoso abraçado à cruz na Ucrânia

Facebook-Dennis Melnichuk

Dariusz Dudec - Aleteia Polônia - publicado em 11/03/22

"O rosto do homem que abraça a cruz não pode ser visto, mas parece que o Cristo martirizado está olhando para ele"

Um idoso abraçado à cruz na Ucrânia comove o mundo: a emblemática foto tirada por Dennis Melnichuk em frente a uma igreja em Lviv tem percorrido as redes sociais há dias e chamado especialmente a atenção pelo fato de que o rosto do homem que abraça a cruz não pode ser visto, mas parece que o Cristo martirizado está olhando para ele.

O ucraniano que registrou essa imagem extraordinária escreveu a seu respeito:

“Estamos fazendo tudo ao nosso alcance para nos tornarmos os pés e as mãos de Jesus no chão”.

O fotógrafo, Dennis Melnichuk, junto com a esposa, Anna, estavam em Lviv quando, em 24 de fevereiro, acordaram com o toque do telefone e ficaram sabendo que as primeiras bombas haviam caído em Kiev. Eles decidiram se mudar para Tarnopol, no leste do país. Antes de partir, foram comprar o necessário e sacar algum dinheiro. Havia longas filas em frente às lojas e caixas eletrônicos e eles esperavam pacientemente, em meio a outras pessoas preocupadas. A certa altura, os olhos de Dennis foram atraídos para uma visão tocante.

Um homem de roupas escuras se aproximou da grande cruz instalada na praça perto do convento e a abraçou com força.

O rosto do homem que abraçava a cruz não podia ser visto, mas parecia que o Cristo martirizado estava olhando para ele.

Depois de um tempo, o homem deixou a cruz e entrou em uma igreja próxima.

Em entrevista à agência católica CNA, Dennis declarou:

“Senti meu coração tremendo de descrença e emoção. Também senti a fé crescer dentro de mim”.

Dennis e a esposa Anna não fugiram da Ucrânia – muito pelo contrário: eles se mudaram para para Tarnopol, próximo da fronteira com a Rússia, para organizar ajudas aos refugiados e às vítimas da guerra.

“Estamos nos preparando para ajudar as pessoas a fugirem e para encontrar abrigo para os refugiados. Estamos tentando fazer todo o possível para ajudar nesse tempo de crise”.

Junto com a comunidade Geração Desperta, Dennis e Anna querem oferecer abrigo, comida e cuidados a todos os que precisam. Ele também pede orações:

“Por favor, orem pela proteção da Ucrânia e pelos governantes que têm que tomar as decisões. Pelos civis feridos. Orem para que as armas emperrem e as balas não sejam disparadas. Rezem pela paz nos corações”.

Tags:
CruzGuerraIdososUcrânia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia