Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 17 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Guerra na Ucrânia, apelo do Papa: em nome de Deus, parem

Pope-Francis-Audience-Paul-VI-HAll-Antoine-Mekary-ALETEIA

Antoine Mekary | ALETEIA

Reportagem local - publicado em 13/03/22

"Em nome de Deus, se ouça o grito de quem sofre e se ponha fim aos bombardeios e aos ataques"

O Papa Francisco renovou seu apelo neste domingo pelo fim da guerra na Ucrânia, ao falar aos peregrinos reunidos para rezar o Angelus na Praça de São Pedro.

Acabamos de rezar para Nossa Senhora. Esta semana, a cidade que leva seu nome, Mariupol, se tornou uma cidade mártir da guerra desoladora que está devastando a Ucrânia. Diante da barbárie da matança de crianças, de inocentes e de civis indefesos não existem razões estratégicas plausíveis: deve-se somente cessar a inaceitável agressão armada, antes que reduza as cidades em cemitérios.

O Papa disse ainda:

Com dor no coração, uno a minha voz àquela das pessoas comuns, que imploram o fim da guerra. Em nome de Deus, se ouça o grito de quem sofre e se ponha fim aos bombardeios e aos ataques! Invista-se real e decididamente na negociação, e os corredores humanitários sejam efetivos e seguros.

Refugiados

Nesse sentido, o Papa reforçou seu pedido ao apoio aos refugiados.

Gostaria ainda, mais uma vez, exortar ao acolhimento dos muitos refugiados, nos quais Cristo está presente, e agradecer pela grande rede de solidariedade que se formou. Peço a todas as comunidades diocesanas e religiosas que aumentem os momentos de oração pela paz. Aumentar os momentos de oração pela paz. Deus é só Deus da paz, não é Deus da guerra, e quem apoia a violência profana o seu nome. Vamos agora rezar em silêncio por quem sofre e para que Deus converta os corações a uma firme vontade de paz.”

Tags:
GuerraPapa FranciscoUcrânia
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia