Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 22 Maio |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

EUA: carro invade restaurante e mata advogada católica de refugiados

FATAL ACCIDENT

Brendan SMIALOWSKI | AFP

John Burger - publicado em 14/03/22 - atualizado em 14/03/22

Jane Bloom chefiou o escritório da Comissão Católica Internacional de Migração por 12 anos

Jane Bloom relatou uma vez que sua mãe de 98 anos perguntava repetidamente quando ela ia se aposentar. Bloom começou a trabalhar para a Comissão Católica Internacional de Migração aos 60 anos.

“Eu disse: ‘Mãe, quando todos os dias acordo de alegria e mal posso esperar para começar a trabalhar, por que afinal eu pararia?”, ela disse, quando finalmente se aposentou aos 72 anos, em 2018. “Foi maravilhoso sentir que fazemos tanta diferença e sou grata por ter tido a oportunidade de trabalhar para a ICMC.”

Fatalidade

Bloom, que chefiou o escritório dos EUA da comissão de migração, estava entre os mortos em um acidente na sexta-feira passada, do lado de fora de um restaurante em Washington, DC.

A polícia de DC disse que um motorista idoso aparentemente perdeu o controle de seu Subaru Forester e invadiu a área com mesas na calçada em frente ao Restaurante Partenon na hora do almoço.

Onze pessoas, com idades entre 30 e 80 anos, ficaram feridas. Bloom, 76 anos, e Terese Dudnick Taffer, 73 anos, não resistiram aos ferimentos. Além das duas mulheres, outras três pessoas morreram.

Trabalho com refugiados

De acordo com o site da ICMC, Bloom passou um total de 35 anos defendendo os direitos de refugiados e migrantes nos EUA e no mundo. Ela nasceu em Nova York, filha de dois cidadãos americanos de primeira geração.

Assistente social, ela começou sua carreira trabalhando no campo da gerontologia. Em 1983, iniciou o trabalho com idosos refugiados. Em 1997, ela fundou e por sete anos chefiou a Refugee Works.

Em 2006, depois de concluir um mestrado em políticas públicas internacionais aos 60 anos, Bloom se juntou à Comissão Internacional de Migração da Igreja Católica nos Estados Unidos.

A Comissão Católica Internacional de Migração protege e serve pessoas desenraizadas, incluindo refugiados, requerentes de asilo, deslocados internos, vítimas de tráfico de pessoas e migrantes.

Doutrina social católica

Em uma entrevista em 2018, Bloom disse que o ICMC trouxe milhares de minorias religiosas para os EUA, incluindo caldeus iraquianos. Ela disse que aprendeu com alguns refugiados “quão centrais eram sua família e religião para eles”.

Ela disse que, olhando para trás em seu mandato de 12 anos, era “grata pela forte parceria que temos” com a Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos.

“Fiquei orgulhosa e honrada por ser selecionada para servir como delegada em suas missões episcopais reveladoras e de partir o coração”, disse ela. “E realizamos alguns programas conjuntos em vários países em diferentes áreas que beneficiaram refugiados.”

Ela também disse que os católicos que trabalham com migrantes e refugiados devem sempre estar sempre fundamentados na Doutrina Social da Igreja.

Tags:
MortePerseguiçãoRefugiadosViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia