Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 08 Agosto |
São Domingos de Gusmão
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Jovem padre testemunha conversão do islã à Igreja num país onde os cristãos são perseguidos

Pe. Idris Moses testemunha conversão do islã à Igreja

St. John The Evangelist Catholic Church, Ladipo, Oshodi | Facebook

Francisco Vêneto - publicado em 22/03/22

Seus irmãos o agrediram, seus amigos o excluíram e até sua mãe o deixou passar fome. Idris acabou expulso de casa.

O pe. Idris Moses Gwanube, da Nigéria, recebeu a ordenação sacerdotal em 25 de fevereiro de 2022 e, na sua trajetória vocacional, traz um elemento particularmente chamativo: a conversão do islã à Igreja Católica.

País com grave perseguição

Ele nasceu numa família muçulmana e numa região de maioria islâmica do país, que sofre há vários anos uma onda sangrenta de ataques contra cristãos, perpetrados principalmente por grupos fundamentalistas islâmicos como os terroristas do Boko Haram e os pastores nômades Fulani. Nesse contexto, se já é difícil e desafiador ser cristão, é ainda mais perigoso converter-se do islã ao cristianismo.

Agredido e expulso pela família

Em declarações à agência ACI Africa, o agora sacerdote católico relatou que a sua conversão começou aos 14 anos, quando vendia pães para uma paróquia católica e, graças a isso, foi conhecendo a religião até se tornar catecúmeno.

Ele manteve a conversão escondida da família, mas os parentes acabaram descobrindo que o jovem Idris estava frequentando a igreja. Seus irmãos o agrediram, seus amigos o excluíram e até sua mãe o deixou passar fome. Idris acabou expulso de casa.

Entrada no seminário

O jovem foi recebido por seu padrinho de batismo, que, por consequência, sofreu ameaças. Na mesma época, o pároco local, pe. Kieran Danfulani, ajudou Idris a entrar no seminário menor do Sagrado Coração, em Jalingo, região nordeste do país – justamente uma das mais afetadas pela ação de grupos fanáticos islâmicos.

Do seminário menor, Idris passou para o seminário maior de Santo Agostinho, em Jos, onde estudou filosofia e teologia, preparando-se para receber a ordenação diaconal em julho de 2021 e o sacerdócio em fevereiro de 2022. Nessa data, ele foi agraciado com um presente muito especial: a presença dos pais na cerimônia.

Desafios atuais

Trabalhando hoje na paróquia da Sagrada Família em Takum, ele relata, na sua entrevista para a agência ACI Africa, os desafios da intolerância religiosa e da perseguição anticristã no país mais populoso do continente africano. O pe. Idris testemunhou, por exemplo, que, em alguns estado nigerianos, não é possível vender terrenos a cristãos para a construção de igrejas. Ele falou também do atual cenário de sequestros e assassinatos de sacerdotes e seminaristas na Nigéria.

Incentivo à conversão sem medo

Apesar do alto risco de ser cristão em diversas áreas do país, o pe. Idris incentiva todos os seus compatriotas desejosos de concretizar a sua conversão do islã ao catolicismo a fazê-lo sem medo e a perseverarem na fé, seguindo o exemplo de Cristo, que tudo suportou em nome da nossa redenção.

O pe. Idris foi ordenado na catedral de Nossa Senhora Rainha da Paz, em Jalingo, junto com outros cinco novos sacerdotes.

Tags:
ConversãoMuçulmanosPadresPerseguiçãoTestemunhoVocação
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia