Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 27 Maio |
São Bruno de Würtzburg
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Presidente Zelensky convida o Papa Francisco a visitar a Ucrânia

Papa Francisco

HANDOUT/AFP/East News

Francisco Vêneto - publicado em 22/03/22

"Zelensky reiterou que o Papa Francisco é o convidado mais esperado da Ucrânia", afirmou embaixador

O presidente Volodimir Zelensky convidou o Papa Francisco a visitar a Ucrânia, país que sofre a devastação da guerra desde que foi invadido pelas tropas do regime de Vladimir Putin, em 24 de fevereiro.

Nesta terça, 22, em discurso feito via teleconferência perante o parlamento italiano, Zelensky relatou ter falado ao telefone com o Papa Francisco. O presidente ucraniano, que é judeu, também afirmou que seu país está “no limite da sobrevivência” e denunciou que a Rússia o vê como “a porta de entrada para [atacar também] a Europa”.

Zelensky voltou a mencionar em sua conta no Twitter a conversa que teve com Francisco:

“Hoje falei com Sua Santidade, o Papa Francisco, e ele me disse palavras muito importantes… Compreendo que vocês queiram a paz… Compreendo que a queiram defender, e os militares também… E os civis defendem a sua própria pátria”.

O presidente relatou ter respondido ao pontífice:

“O nosso povo se tornou um exército e eu lembrei a ele do quanto a Ucrânia tem visto o mal que o inimigo traz, quanta devastação, quanto derramamento de sangue. Falei à Sua Santidade da difícil situação humanitária e do bloqueio dos corredores de resgate pelas tropas russas. O papel mediador da Santa Sé para o fim do sofrimento humano seria apreciado”.

De fato, o embaixador ucraniano junto à Santa Sé, Andrii Yurash, também afirmou, no Twitter, que a conversa foi “promissora”:

“Novo gesto de apoio do Papa Francisco: há poucos minutos o Papa ligou ao Presidente Zelensky. Ambos tiveram uma conversa promissora. O Papa disse que está rezando e fazendo todo o possível pelo fim da guerra e Zelensky reiterou que o Papa Francisco é o convidado mais esperado da Ucrânia”.

No discurso ao parlamento italiano, Zelensky afirmou que veria com bons olhos o Papa Francisco no papel de mediador do conflito com a Rússia.

Pedindo que a Itália reforce as sanções contra a Rússia, o presidente da Ucrânia afirmou que “117 crianças foram mortas na guerra” e que “a cidade de Mariupol foi achatada pelo ataque russo”.

Tags:
GuerraPapa FranciscoPolíticaUcrânia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia