Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 22 Maio |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Resenha de Imprensa: roubo em basílica italiana • Por que a Igreja russa apoia a guerra de Putin? • Mais…

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
UKRAINE WAR ECUMENISM

Shutterstock

I.Media para Aleteia - publicado em 24/03/22 - atualizado em 25/03/22

Todos os dias, Aleteia oferece uma seleção de artigos escritos pela imprensa internacional sobre a Igreja e as principais questões que preocupam os católicos em todo o mundo. As opiniões e pontos de vista expressos nestes artigos não são dos editores

Quinta-feira, 24 de Março de 2022

  1. Roubo na Basílica de Bari: simples roubo ou protesto contra a guerra na Ucrânia?
  2. Pós-pandemia: a espinhosa questão do regresso à igreja nos Estados Unidos
  3. Por que é que a Igreja ortodoxa russa apoia a guerra de Putin?
  4. O legado de Bento XVI à Igreja
  5. Crucifixo leva um muçulmano indonésio à fé católica

1. DANOS À BASÍLICA DE BARI: SIMPLES ROUBO OU PROTESTO CONTRA A GUERRA NA UCRÂNIA?

Foi registrado um roubo na Basílica de São Nicolau de Bari. O ladrão levou um anel de ouro das mãos da estátua do santo, o Evangelho com as três esferas de prata e um medalhão. No exterior, numa das paredes do edifício, uma placa comemorativa da peregrinação que Vladimir Putin tinha feito cerca de 20 anos antes, foi danificada. Mais do que material, esses danos têm um forte valor simbólico, no contexto da guerra entre a Rússia e a Ucrânia, especialmente desde que a Basílica de São Nicolau foi escolhida pelo Papa Francisco devido à sua posição geográfica para representar uma ligação entre o Oriente e o Ocidente. Foi também aqui que o pontífice argentino estava inicialmente previsto para se encontrar com o Patriarca de Moscovo, Kirill, no ano passado, em Julho. O último encontro entre os dois realizou-se em 2016, e a situação atual sugere que um novo encontro seria útil. Mas onde? Na igreja de São Nicolau? Em qualquer caso, o povo de Bari tomou o roubo como uma afronta, e a devoção pelo seu santo local ficou ainda mais evidente.

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
Bento XVIPandemiaResenha de ImprensaVaticano
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia