Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 08 Agosto |
São Domingos de Gusmão
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Então agora você tem um filho(a) adolescente? As minhas 5 dicas

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
mães sofrem

Focus and Blur | Shutterstock

Tom Hoopes - publicado em 04/04/22

Já passei por isso 8 vezes, e ainda não sou especialista. Mas aprendi uma ou duas coisas preciosas que o podem ajudar

Ter criado oito adolescentes não fez de mim um especialista. Na verdade, mostrou minhas limitações e, ao mesmo tempo, como podemos contar com a ajuda de Deus na educações dos filhos.

No entanto, eu tenho uma lista de melhores práticas. Aqui está ela. Espero que possa ajudá-lo(a).

Aprendi isto da maneira mais difícil – um dos meus filhos mais velhos dá uma palestra sobre como lidar com o fato de que os pais são realmente ruins para falar sobre sexualidade com os filhos. Agora está a organizar sessões de discussão com os seus irmãos mais novos sobre os fatos da vida.

Isso é uma enorme bênção para mim. Mas isso não me deixa livre da tarefa. Ainda preciso de ter a conversa – aqui está um grande guia para isso. Também tenho de abordar temas difíceis: as verdades sobre pornografia e masturbação, bem como homossexualidade, transgênero, enfim, tudo. Estas conversas são melhores em tempos e lugares onde o seu filho ou filha possa se concentrar, mas não se sentir pressionado: longos passeios de carro, longas sessões de lavagem de pratos, limpeza da garagem, caminhadas, etc.

Informe-os, diga-lhes que quer ouvir as suas perguntas, e marque uma hora em que planeja fazer exatamente isso. Quer queiram ouvir ou não, certifique-se de que sabem as coisas que precisam de saber.

2. Diga-lhes o que podem controlar e o que não podem

Uma coisa que foi muito libertadora para mim foi o método de um amigo para dizer aos adolescentes antecipadamente que as suas alterações hormonais os afetarão de forma dramática, mas que eles não têm de ceder. Na sua adolescência, as alterações hormonais dentro do seu corpo irão muitas vezes fazer com que queira se sentir amuado, irritado e distante. Mas isso não significa que tenha de ser dessa forma.

Outra coisa muito libertadora é dizer-lhes que podem escolher as suas ações, mas não podem mudar os hábitos da noite para o dia, e não podem escolher os pensamentos que lhes virão à cabeça. Diga aos seus adolescentes que os seus corpos os levarão a pensar pensamentos que nunca pensaram antes, mas estes pensamentos não os definem. Se eles tiverem dificuldade em controlar pensamentos impuros, que se lembrem de que outros adolescentes passam pelo mesmo. E se tiverem agido de forma impura devido a esses pensamentos, isso também não os define.

Deus os ama e vê quem eles realmente são, e pode e irá restaurar a sua inocência na Confissão. Ele pede um esforço sincero, não um desempenho perfeito.

3. Mantém-te firme. Eles irão agradecer-lhe mais tarde (provavelmente)

Em certas coisas tenho-me mantido firme, e tenho estado especialmente disposto a seguir a sabedoria da minha mulher e a manter-me firme sobre regras sensatas: tenho dito não aos planos de noitadas e de fins-de-semana, dispositivos eletrônicos, etc.

E sempre fiquei contente por ter agido assim, e por mais zangado que isso fizesse certas crianças no momento, estimo as vezes em que vieram ter comigo mais tarde para me agradecer.

4. Não fique chateado quando eles não falam, mas esteja pronto quando eles o fizerem

Como disse acima, é preciso informar os seus filhos das coisas, mesmo que eles não queiram falar sobre elas. De fato, muitos adolescentes vão parecer que não querem falar sobre nada. Mas encontrarão momentos mágicos quando os adolescentes quiserem falar.

Estas discussões acontecerão tarde da noite, mesmo antes de se deitarem – ou, igualmente provável, quando se levantarem depois de se deitarem. A regra para si é esta: quando isto acontece, não importa o que você tem na sua agenda no dia seguinte. Esta é uma oportunidade rara, e não deve ser desperdiçada por nada.

5. Reze com eles

Rezamos um Terço nocturno com os nossos adolescentes, e temos exigido mesmo aos adolescentes relutantes e rabugentos que se juntem a nós. Também preparei um livro de orações para os meus filhos. Um dos meus adolescentes relutantes disse-me mais tarde que estas orações fizeram muita coisa positiva e mantiveram-no em contato com Deus.

Ótimo. Ele é, em última análise, o responsável pela sua adolescência, e estará ao lado do seu filho muito depois da memória da vida doméstica se ter desvanecido. É imperativo manter isso claro desde o início.

Sem dúvida, Deus fará um trabalho muito melhor do que você alguma vez poderá fazer.

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
AmizadeEducaçãoFamíliaFilhos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia