Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 22 Maio |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Compaixão: atitude tão profundamente humana quanto divina

shutterstock_2031126374.jpg

Rawpixel.com I Shutterstock

Padre Reginaldo Manzotti - publicado em 05/04/22

Os acontecimentos da vida minam, tiram, esfacelam a imagem de Deus em nós e deixam-nos machucados e desfalecidos à beira do caminho. Mas, podemos contar com a misericórdia divina, pois Jesus se tornou um de nós. Ele desceu até nós e se encheu de compaixão.

Em tempos difíceis, como os que vivemos nos últimos anos, o amor e cuidado com o próximo devem ser intensificados. E o “próximo” não somos nós que escolhemos, é a vida que nos interpõe. Ninguém pode escolher seu “próximo”, é o momento que nos traz. Podemos estar saindo para comprar pão e o “próximo” estar ali, entre a casa e a panificadora.

Foi o próprio Jesus quem nos ensinou isso na Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,30-37). O próximo se coloca em nossa vida como se colocou na vida do sacerdote que virou as costas e foi embora, na vida do levita que também passou e não se tocou até que chega o Bom Samaritano.

Quando Jesus conta a Parábola, está falando que nós somos chamados a sermos hoje Bons Samaritanos. Fico pensando naquele homem, que apanhou dos ladrões e foi deixado, quase morto, e Jesus diz que o samaritano o levou para a hospedaria. Jesus é o Bom Samaritano, é aquele que é capaz de passar pelos caminhos e acolher aqueles que estão precisando de misericórdia. Ele os leva para a hospedaria, que é seu coração. Conforta-me pensar que Jesus age dessa forma, recolhendo aqueles que caíram e se perderam, porque se não nos cuidarmos, nos perdemos.

A misericórdia

Por isso, quanto mais pudermos, sejamos misericordiosos. Perdoemos mais. Se alguém nos fez alguma ofensa, perdoemos. Isso conta pontos no céu e Deus agirá dessa forma conosco. Sempre fique com essa imagem: “Eu quero ser o Bom Samaritano”.

Jesus viu a humanidade caída e compadeceu-se. Ele viu que o ser humano foi assaltado, roubaram das pessoas a esperança, tiraram das pessoas a fé. Os acontecimentos da vida minam, tiram, esfacelam a imagem de Deus em nós e deixam-nos machucados e desfalecidos à beira do caminho. Mas, podemos contar com a misericórdia divina, pois Jesus se tornou um de nós. Ele desceu até nós e se encheu de compaixão.

Ele levantou o gênero humano, assumindo nossas culpas e levando consigo nossas dores. Ele nos tomou nos braços, derramou seu sangue para nos lavar do pecado e nos ofereceu o óleo de seu Espírito. Nos carregou e levou à hospedaria da casa do Pai, que é a Igreja. Jesus já pagou as despesas na cruz, deu tudo o que tinha. Entregou as duas moedas de prata, o sangue e a água que saíram de Seu Coração transpassado e disse: Eu voltarei e tudo que a Igreja faz e tudo o que também nós fizermos a mais para aqueles que estão caídos Ele restituirá em graças.

Tenho observado como as pessoas realmente estão machucadas, como estão precisando que ajamos como o bom samaritano. Há muitos feridos em nosso caminho e não podemos passar por eles e desviar. Às vezes, nós somos miseráveis também na ajuda ao próximo, o que a nossa direita faz a nossa esquerda já cobrou faz tempo ou nossa língua fica contando para todo mundo e vai se inflando nosso ego.

Ninguém está imune

Se hoje somos o Bom Samaritano para alguém, amanhã corremos o risco de necessitarmos de alguém para nos acudir, pois podemos estar caídos pelas frustrações e lambadas que levamos da vida. Ninguém está imune a isso. Vamos ser sinceros, somos cobrados a cada instante. É uma cobrança atrás da outra e se não nos cuidarmos, dormimos angustiados e acordamos preocupados, porque a vida é assim.

Jesus nos ensina que a compaixão é uma atitude tão profundamente humana quanto divina. Por isso, deixemo-nos amar pelo Bom Samaritano e amemos nosso próximo como Bom Samaritano.

Tags:
MisericórdiaPerdãoValoresVirtudes
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia