Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 16 Maio |
Santo André Bobola Mártir (†1657) Comemoração: 16 de maio
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Terroristas islâmicos aumentam raptos de crianças e mulheres em Moçambique

Terroristas islâmicos em Cabo Delgado, Moçambique

Aid to the Church in Need

Francisco Vêneto - publicado em 05/04/22 - atualizado em 09/04/22

Crianças sequestradas são forçadas a servir militarmente os bandidos e a tornar-se terroristas como eles

Bandos terroristas islâmicos aumentaram os raptos de crianças e mulheres em Moçambique, denunciou a fundação pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS). De acordo com o testemunho de um missionário à entidade, as crianças sequestradas são forçadas a servir militarmente os bandidos e a tornar-se terroristas como eles.

O fenômeno se estende pela província de Cabo Delgado, que começou a ser tomada pelo terrorismo em 2017. A violência na região já deixou mais de 3 mil mortos e provocou a fuga de mais de 850 mil cidadãos.

Uma religiosa cujo anonimato foi respeitado confirmou à fundação pontifícia, no início de fevereiro, que vem sendo perpetrado na região “o rapto sistemático de pessoas que se encontram nas aldeias, principalmente mulheres e mães com suas próprias crianças”.

De acordo com a agência Gaudium Press, abundam relatos semelhantes sobre sequestros como o de sete crianças, em fevereiro, que provavelmente foram forçadas a lutar como membros dos grupos terroristas islâmicos.

O frei Boaventura, do Instituto da Fraternidade dos Pobres de Jesus, também afirmou que os terroristas que invadem as aldeias da região “levam as mulheres, levam as crianças, que acabam sendo treinadas nesses lugares, acabam sendo doutrinadas e vivem aquilo que eles veem lá onde estão, no mato, ou nas áreas onde se concentram para fazer os seus treinos”.

A diocese católica mais atingida pela violência em Cabo Delgado é a de Pemba, cujo porta-voz, pe. Kwiriwi Fonseca, relatou que é comum, nas visitas aos cidadãos deslocados de seus vilarejos, ouvir relatos das próprias mães que confirmam os sequestros de seus filhos. Segundo o padre, as crianças que caem “nas mãos dos terroristas” acabam sendo obrigadas a tornar-se soldados dos grupos terroristas. Ele acrescenta: “Também ensinam a elas a doutrina islâmica”.

No caso das mulheres sequestradas, o destino costuma ser o casamento forçado com os terroristas.

Tags:
CriançasMuçulmanosTerrorismo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia