Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 24 Setembro |
Beato Dalmácio Moner 
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Toda perda dói (e é preciso deixar doer)

shutterstock_692072038.jpg

Dmytro Zinkevych | Shutterstock

Talita Rodrigues - publicado em 18/04/22

Há pessoas que são mais sensíveis às perdas, o que não significa que elas sejam mais fracas

Toda perda dói, machuca, é frustrante, desgastante, estressante. Seja a perda de um trabalho, de uma amizade ou qualquer outra coisa. Existe uma quantidade de perdas enorme, e eu ficaria horas aqui, listando-as. Umas são menores, outras maiores, umas doem mais, outras menos, mas todas doem. Algumas rasgam a pele da alma, sangram o coração de forma que parece que vamos morrer ou vamos viver eternamente com aquela dor lancinante. 

Algumas pessoas são mais resistentes às perdas, à dor; suportam melhor as mudanças. Outras, não. Isso quer dizer que elas sejam fracas? Claro que não. Quer dizer apenas que elas têm uma constituição emocional diferente. 

Deixar doer

Quando perdemos algo ou alguém não é necessário fingir que não dói, que aquilo não significou nada. Se dói, dói. Deixe doer. Toda perda dói! Permita-se doer até que a dor se esgote. Permita-se seguir a ordem dos fatos: assustar-se com o acontecimento, chorar, sofrer, enterrar a dor, fazer sua missa de sétimo dia, respeitar o seu período de luto e, depois ,seguir em frente.

O tempo necessário para isso eu não sei, cada um tem o seu tempo e respeitar esse processo é saudável. 

A vida continua

Só não fique remoendo o que te doeu a vida inteira. A vida continua.  Continuar nem sempre quer dizer esquecer. Quer dizer não permitir que o que nos fez sofrer continue a nos machucar a vida toda, que nos impeça de viver coisas novas, de sermos felizes, de celebrar a vida com a leveza que ela merece. 

Há pessoas e acontecimentos que, mesmo que quiséssemos, jamais conseguiríamos esquecer e há outros que, para o próprio bem, devem ser esquecidos. 

Inteligente é distinguir um do outro. 

Quer ter acesso a conteúdos como este? Então clique aqui e siga a psicóloga Talita Rodrigues no Instagram

Tags:
PsicologiaSofrimento
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia