Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 08 Agosto |
São Domingos de Gusmão
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Pesquisadores encontram altar medieval na igreja do Santo Sepulcro

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium

J-P Mauro - publicado em 21/04/22 - atualizado em 28/06/22

O artefato histórico foi ignorado durante séculos

Durante séculos, um grande achado arqueológico estava esperando ser descoberto em um canto da Igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém. Uma enorme laje de pedra marcada com grafites centenários de peregrinos revelou ser os restos de um altar medieval usado no santuário até 1808. 

Uma reportagem do The Times of Israel explica que a laje foi esquecida por tanto tempo porque foi colocada no chão de cabeça para baixo. Por mais de 200 anos, a rocha despretensiosa atraiu grafites de fiéis visitantes que desejavam deixar sua marca na superfície lisa. O lado ornamentado só foi descoberto graças a uma série de reformas em andamento na famosa igreja de Jerusalém. 

Amit Re’em, arqueólogo de Jerusalém junto à Autoridade de Antiguidades de Israel, chamou a descoberta de “um caso fascinante”. Ele disse à Reuters

“Você não pode vê-lo agora, mas originalmente era incrustado com pedaços de mármore precioso, pedaços de vidro, pedaços de mármore pequeno e finamente feito.”

Estilo cosmatesco

A Reuters identificou o estilo artístico do altar como “Cosmatesco”, uma combinação dos estilos artísticos clássico, bizantino e islâmico primitivo. Semelhante a um mosaico, o estilo cosmatesco preenche gravuras circulares na rocha com azulejos de mármore e vidro coloridos.

Exemplos previamente descobertos do estilo cosmatesco em Jerusalém foram datados entre os séculos 12 e 13, que pode ser quando o altar foi construído. Especialistas acreditam que o altar foi usado durante as Cruzadas, até ser danificado por um incêndio no início do século 19. 

Oficialmente, ainda não se sabe o que será feito com o altar medieval, mas ele deve ser restaurado e recolocado no santuário da igreja do Santo Sepulcro ou exibido como um artefato histórico. 

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia