Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 23 Fevereiro |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Com que idade uma pessoa pode ser crismada?

CONFIRMATION

Sebastien Desarmaux | Godong

Philip Kosloski - publicado em 28/04/22

Veja o que determinam o Catecismo e o Código de Direito Canônico

Segundo o Rito Romano da Igreja Católica, qualquer católico batizado pode ser crismado, independentemente da idade.

Isso significa que, em determinadas circunstâncias, uma pessoa de 90 anos pode receber o sacramento da Confirmação, assim como um bebê pequeno que estiver em perigo de morte.

Catecismo da Igreja Católica explica:

“O costume latino, desde há séculos, aponta «a idade da discrição» como ponta de referência para se receber a Confirmação. Em perigo de morte, porém, devem confirmar-se as crianças, mesmo que ainda não tenham atingido a idade da discrição.”

CIC 1307

Para os católicos orientais, assim como para os ortodoxos orientais, a celebração da Crisma ocorre sempre no batismo, prática que enfatiza a realidade de que ambos são sacramentos de iniciação.

No entanto, embora qualquer católico batizado possa receber a Crisma, a prática comum no Rito Romano de conferir a confirmação cabe a cada diocese ou Conferência Episcopal, como explica o Código de Direito Canônico:

“O sacramento da confirmação administre-se cerca da idade da discrição, a não ser que a Conferência episcopal determine outra idade, ou exista perigo de morte, ou, a juízo do ministro, causa grave aconselhe outra coisa.”

Cân. 891

A idade para receber a Crisma

Essa idade pode variar entre as dioceses e conferências do mundo inteiro. Na maioria dos casos, recomenda-se a Crisma por volta dos 14 ou 15 anos.

Entretanto, independentemente da idade em que a pessoa irá receber a Crisma, o importante é lembrar de todo o propósito da Confirmação, como resume o Catecismo:

“A preparação para a Confirmação deve ter por fim conduzir o cristão a uma união mais íntima com Cristo e a uma familiaridade mais viva com o Espírito Santo, com a sua ação, os seus dons e os seus apelos, para melhor assumir as responsabilidades apostólicas da vida cristã. Desse modo, a catequese da Confirmação deve esforçar-se por despertar o sentido de pertença à Igreja de Jesus Cristo, tanto à Igreja universal como à comunidade paroquial. Esta última tem uma responsabilidade particular na preparação dos confirmandos.”

CIC 1309

Enfim, a Confirmação é um sacramento que prepara a pessoa para ser parte ativa da Igreja, pronta para enfrentar os muitos desafios do mundo.

Tags:
CatecismoIgrejaSacramentos
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia