Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Agosto |
Bem-aventurado Gabriel Maria de Benifayó
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Estrela de Hollywood, ela beijou Elvis Presley antes de se tornar freira

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
web3-dolores-hart-elvis-presley-east-news-ap-fotolink.jpg

Valentine Leroy - publicado em 04/05/22

Celebrada por sua beleza, a atriz Dolores Hart teve um grande sucesso ao lado de Elvis Presley e Marlon Brando... antes de se dedicar a Deus. Estrela de Hollywood e Beneditina, eis o fabuloso destino da mulher que beijou Elvis Presley antes de abraçar a vida religiosa

Dolores Hart escolheu uma vida de reclusão num convento beneditino após uma vida na ribalta de Hollywood. Nascida em 1938 em Chicago, ela filmou com grandes estrelas americanas como Marlon Brando e Elvis Presley, e trabalhou para produtores famosos como Alfred Hitchcock. Paradoxalmente, foi durante uma filmagem que ela teve a oportunidade de falar com o Papa João XXIII, um encontro que lhe deu o desejo de entrar na vida religiosa.

Dolores Hart cresceu na fé católica. A sua vida de oração não diminuiu apesar das suas muitas atividades em Hollywood: antes das filmagens, ia frequentemente à Missa às 6 da manhã. Durante este período, encontrou um lugar tranquilizador para ir recarregar as baterias e respirar no meio do turbilhão dos holofotes: o convento Beneditino em Connecticut. É à sua piedade que a estrela atribui o seu sucesso. Como parceira de Elvis Presley no filme “Loving You” e também de Marlon Brando, ela realizou nada menos que 10 filmes em 5 anos.

Em 1961, durante a rodagem do filme “Francisco de Assis”, ela conheceu o Papa João XXIII. À atriz que se apresentou como desempenhando o papel de Santa Clara de Assis, o Papa respondeu: “Não, tu és Clara. Esta troca causou uma profunda impressão na atriz, que a viu como um sinal para mudar a sua vida e aproximar-se do seu ideal religioso.

Após a viagem a Roma, regressou no entanto à sua vida como estrela de cinema. Nessa altura, Dolores Hart estava no auge. Mas em 1963, ela terminou abruptamente o seu noivado alguns meses antes da data do casamento. Nesse mesmo ano, aos 24 anos de idade e para surpresa de todos, entrou no convento beneditino em Connecticut que já tinha visitado tantas vezes antes.

SIOSTRA DOLORES HART
A Irmã Dolores na premiação da Academia em Hollywood, 2012

Só após 43 anos de vida religiosa, em Fevereiro de 2012 é que a Irmã Dolores, agora Madre Superiora do Convento Regina Laudis, regressou a Los Angeles para a cerimônia do Óscar, já que o documentário sobre sua vida, “God is Bigger than Elvis”, foi indicado na categoria de curtas-metragens. Claramente, Dolores Hart permanecerá no imaginário do cinema para o resto da sua vida, dando testemunho da sua fé, e inspirando aqueles que procuram a verdadeira beleza.

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
CinemafreirasTestemunho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia