Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 22 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Tragédia da creche de Saudades completa 1 ano

SAUDADES

@cabogilberto

Francisco Vêneto - publicado em 04/05/22

O Papa Francisco chegou a enviar uma mensagem às famílias das vítimas do selvagem atentado

A tragédia da creche de Saudades, SC, completou 1 ano nesta quarta-feira. Na manhã de 4 de maio de 2021, um jovem de 18 anos, munido de uma espada de estilo japonês comprada pela internet, invadiu o Centro de Educação Infantil Pró Infância Aquarela, que atendia crianças de 6 meses a 3 anos de idade, e assassinou brutalmente três crianças de até 2 anos e duas professoras.

Havia cerca de 30 crianças na escola no momento em que o criminoso invadiu uma das salas de aula, onde estavam quatro crianças, a professora e a funcionária. Foi ali que ele executou a chacina. Os corpos das três crianças assassinadas e das duas funcionárias da creche ficaram na sala de aula até a chegada do Instituto Médico Legal (IML). A quarta criança era um menino de 1 ano e 9 meses que também foi ferido pelo criminoso, mas, felizmente, conseguiu sobreviver. As outras professoras conseguiram se trancar nas demais salas, protegendo assim as crianças e a si mesmas do ataque.

O criminoso também ficou gravemente ferido porque tentou se matar após ser detido ainda dentro da escola por vizinhos que tinham ouvido os gritos de socorro. Ele está preso à espera de julgamento.

Carta do Papa Francisco

Em agosto, o Papa Francisco enviou uma mensagem às famílias das vítimas do selvagem atentado à creche de Saudades:

“[O Papa] manifesta suas sinceras condolências pelas perdas dolorosas e transmite uma palavra de consolação diante desse sofrimento, na certeza de que a fé que professamos na ressurreição nos leva a sermos pessoas de esperança e não de desespero (…) Jesus nos demonstrou que a morte não é a última palavra, mas o amor misericordioso do Pai que transfigura e nos faz viver a comunhão eterna com Ele. Por intercessão de Nossa Senhora Aparecida, o Santo Padre envia a Bênção Apostólica às famílias das vítimas, extensiva a todas as pessoas que lhe são caras, pedindo também que não se esqueçam de rezar por ele”.

Solidariedade da população

Saudades fica a cerca de 600 quilômetros de Florianópolis e a 70 de Chapecó, a cidade-polo da região. A cidade do Oeste de Santa Catarina tem pouco menos de 10 mil habitantes e se esforça para superar um trauma impensável no seu histórico de segurança e tranquilidade.

Neste primeiro aniversário da tragédia, a população se reuniu para homenagear as crianças e as professoras vítimas da selvageria e para prestar solidariedade às suas famílias, até hoje em luto.

“Tchau, papai”

“Tchau, papai”: estas foram as últimas palavras que o eletricista Maurício Massing, de 35 anos, ouviu do pequeno Murilo, de 1 ano e 9 meses, na manhã em que a barbárie perpetrada na creche de Saudades chocou o Brasil.

Confira o relato:

Oração pelas almas das pessoas que faleceram

Pai Santo, Deus Eterno e Todo-Poderoso,
nós vos pedimos por aqueles
a quem chamastes deste mundo.
Dai-lhes a felicidade, a luz e a paz.
Que eles, tendo passado pela morte,
participem do convívio de vossos santos na luz eterna,
como prometestes a Abraão e à sua descendência.
Que a sua alma nada sofra,
e vos digneis ressuscitá-los com os vossos santos
no dia da ressurreição e da recompensa.
Perdoai-lhes os pecados,
para que alcancem junto a Vós
a vida imortal no Reino eterno.
Por Jesus Cristo, Vosso Filho,
na unidade do Espírito Santo.
Amém.

(Rezar o Pai-Nosso e a Ave-Maria)

Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno
e brilhe para eles a vossa luz! (3 vezes).

Tags:
CriançasMorteViolência
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia