Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 19 Maio |
São Celestino V
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Católico pró-aborto? “Principais religiões” não sabem quando começa a vida humana, diz Biden

JOE BIDEN

Michael F. Hiatt - Shutterstock

Francisco Vêneto - publicado em 05/05/22 - atualizado em 05/05/22

Não satisfeito em se declarar católico apesar de contrariar abertamente a doutrina, o democrata agora banca o "intérprete da teologia"

O presidente democrata norte-americano Joe Biden, que se declara católico apesar de contrariar abertamente a doutrina da Igreja, agora deu uma de “intérprete da teologia” e resolveu pontificar que o aborto seria compatível com a fé porque, segundo ele, as “principais religiões” não sabem quando é que começa a vida humana.

Mesmo de um ponto de vista meramente humano e sem entrar na perspectiva da Revelação e da Salvação, a Igreja Católica é, estatisticamente, a maior religião do planeta e, historicamente, uma das mais amplas e profundas influências na trajetória da civilização. Nem assim ela estaria entre “as principais” segundo a peculiar visão de mundo de Joe Biden – afinal, o critério usado por ele para demarcar as “principais religiões” é “não saber quando a vida humana começa”.

Ocorre que a doutrina católica – a verdadeira e não a deturpada pelo político democrata – reconhece e reafirma explícita e enfaticamente a obviedade de que um ser humano vivo é um ser humano vivo desde o instante da sua concepção. A Igreja Católica, portanto, afirma que é na concepção que começa a vida humana – o que derruba, sem margem para tergiversações, a mentira de Joe Biden de que as “principais religiões” não sabem a partir de que momento um ser humano é um ser humano.

Não custa lembrar, aliás, que é justamente em decorrência deste dado da vida real que a Igreja se vê nada menos que obrigada pelos fatos a declarar que o aborto provocado voluntariamente é o assassinato de um ser humano inocente nos seus primeiros estágios de desenvolvimento. Nem sequer chega a ser uma questão de teologia.

Contexto e ideologia

As desnorteadas declarações de Joe Biden baseadas no que ele diz que dizem as “principais religiões” têm um contexto autoexplicativo: a iminência de uma decisão da Suprema Corte norte-americana que, prevista para junho, poderia reverter a controversa sentença Roe versus Wade, de 1973, que, baseada numa farsa, legalizou o aborto em todo o território dos Estados Unidos.

Os democratas, partido de esquerda ao qual pertence Joe Biden, estão se mobilizando fortemente para evitar que o tribunal supremo reconheça a autonomia de cada Estado norte-americano para legislar a respeito do aborto. O pânico democrata é o de ver ruírem as suas narrativas ideológicas sobre o que alegam ser um “direito reprodutivo”, já que muitos Estados do país têm restringido o acesso ao aborto precisamente por reconhecerem o bebê em gestação como um ser humano com direitos humanos reais – coisa que o aborto não é.

Joe Biden proferiu a sua mentira sobre o posicionamento das religiões a respeito do início da vida humana durante declarações à imprensa na Base Aérea Andrews, em Maryland. Pouco antes de partir a bordo do avião presidencial, ele afirmou, segundo reportado pela Catholic News Agency (CNA):

“[A senteça] Roe [versus Wade] diz o que todas as principais religiões básicas concluíram historicamente: que a existência de uma vida e de um ser humano é uma dúvida. É no momento da concepção? É com seis meses? É com seis semanas? É a vivificação, como argumentou [Santo Tomás de] Aquino?”

O que dizem, de fato, a fé cristã e a biologia?

Muito distante da mentira impavidamente proferida por Joe Biden, a doutrina cristã é cristalina ao reconhecer e afirmar que um ser humano é um ser humano a partir do instante da concepção.

E não é porque a Igreja tenha inventado e imposto uma conclusão dogmática por puro e voluntarioso capricho ou por interpretações desvairadas: uma fé coerente com a razão, como é o caso da fé católica, é obrigada pela realidade dos fatos a reconhecer a obviedade da biologia.

A biologia informa, sem mais delongas, que um ser humano é ele próprio e não outra coisa desde o instante em que é formado, como zigoto, pela fusão do óvulo com o espermatozoide, constituindo, portanto, um novo ser humano desde o próprio instante da sua concepção. Este é o marco do surgimento de uma nova vida humana – e não alguma arbitrária hora marcada por convenção baseada nos parâmetros ideológicos de legisladores ou juízes, que variam de cultura para cultura e de época para época.

A ciência biológica afirmou e reafirmou inúmeras vezes esta simples constatação da realidade. Um exemplo oficial é o registro feito pelos participantes do VII Conclave Brasileiro de Academias de Medicina, realizado no Rio de Janeiro de 7 a 9 de maio de 1998. Eles redigiram com todas as letras:

“É um fato cientificamente comprovado que a vida humana tem início na fusão do óvulo com o espermatozoide, quando se forma o zigoto, que começa a existir e operar como uma unidade desde o momento da fecundação. Possui um genoma especificamente humano, que lhe confere uma identidade biológica única e irrepetível; portanto, uma individualidade dentro de sua espécie. É o executor do seu próprio desenvolvimento de maneira coordenada, gradual e sem solução de continuidade”.

Vai mudar também a biologia, Joe Biden?

Tags:
AbortoCiênciaDoutrinaIgreja CatólicaReligiãoVida
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia