Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 22 Maio |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Editora Globo faz acordo após processo por ensaio infantil erotizado

justiça

BCFC | Shutterstock

Francisco Vêneto - publicado em 10/05/22

Para o Ministério Público do Trabalho, fotos mostravam meninas "em posições sensualizadas, erotizadas, com conotação sexual"

As Edições Globo Condé Nast S.A. (Editora Globo) chegaram a um acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT) em uma ação civil pública envolvendo um ensaio infantil fotográfico realizado em 2014 para a revista Vogue Kids.

Trata-se do ensaio “Sombra e Água Fresca”, com crianças entre 7 e 10 anos de idade. Segundo o MPT, as fotos apresentavam meninas “em posições sensualizadas, erotizadas, até mesmo com apelo ou conotação sexual“, além de caracterizarem trabalho infantil artístico sem autorização judicial.

Dano moral coletivo

A ação pedia indenização de R$ 5 milhões por dano moral coletivo. Em sua defesa, a editora afirmava que a Justiça do Trabalho não era o juízo competente para o caso, além de negar irregularidades no ensaio.

Condenação

A 17ª Vara do Trabalho de São Paulo condenou a editora ao pagamento de R$ 2 milhões em indenização por dano moral coletivo. O valor seria revertida ao Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer (Graac). A sentença apontava sobre a natureza do ensaio infantil publicado pela revista:

“Além de expor as crianças a situação constrangedora e prejudicial à sua formação moral, afeta toda a coletividade e todos os princípios e normas protetivas da criança e do adolescente”.

A mesma decisão considerou que uma publicação de grande alcance exerce forte poder de persuasão, de modo que a divulgação das fotos “traz grandes prejuízos para a sociedade como um todo”. O juízo qualificou o ensaio como “extremamente sensualizado” e registrou que a concordância dos responsáveis seria irrelevante, já que o direito de personalidade, que estava em jogo, é irrenunciável.

A condenação foi mantida pelo Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (SP), que acrescentou que o ensaio infantil retratava os participantes em poses não espontâneas, com roupas e calçados inadequados, “enfatizando mais o corpo”. Além disso, registrou que as crianças foram fotografadas por adultos “que não tiveram a sensibilidade de adequar o objetivo do editorial da moda”.

Recurso

A editora e o MPT recorreram ao TST. O julgamento do recurso pela Quarta Turma foi adiado diversas vezes a pedido das partes, que negociavam encerramento amigável da ação civil.

Acordo

Por fim, chegou-se ao acordo pelo qual, em substituição da indenização, a Editora Globo se compromete a produzir e divulgar a campanha #InfânciaPlena, do MPT, durante 12 meses, de julho de 2022 a junho de 2023.

Segundo matéria do portal Conjur, o acordo foi homologado no último dia 3 de maio pelo ministro Ives Gandra Martins Filho, do Tribunal Superior do Trabalho. Como relator do recurso, o ministro avaliou que a parceria acordada seria a melhor forma de combater o trabalho infantil e, principalmente, estimular a aprendizagem, para que as crianças e adolescentes possam desfrutar de uma “infância plena”, conforme propõe o tema da campanha do MPT.

Tags:
CriançasIdeologiaJustiçamidiaSexualidade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia