Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 17 Agosto |
Santa Joana da Cruz
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Casal indiano processa filho único por não lhes dar um neto

justiça

Altrendo Images I Shutterstock

Francisco Vêneto - publicado em 13/05/22 - atualizado em 13/05/22

Sanjiv e Sadhana, 61 e 57 anos, alegam ter gastado suas economias na formação e casamento luxuoso do filho, casado há 6 anos e sem planos de ser pai: "crueldade mental"

Um casal indiano está processando seu filho único por não lhes dar um neto, informou o jornal local India Times.

Sanjiv e Sadhana Prasad, de 61 e 57 anos, moradores do estado de Uttarakhand, alegam ter gastado todas as suas economias na formação do filho, Shrey Sagar, o que incluiu um treinamento como piloto nos Estados Unidos ao custo de 65 mil dólares (cerca de 330 mil reais), além de terem bancado seu casamento luxuoso, com festa em hotel cinco estrelas, carro de luxo no valor de 80 mil dólares (mais de 400 mil reais) e lua de mel no exterior.

Eles acrescentam que o filho retornou dos Estados Unidos para a Índia em 2007, mas perdeu o emprego e precisou ser sustentado pela família durante mais de dois anos. Shrey Sagar, hoje com 35 anos, acabou conseguindo emprego como piloto.

Os pais também alegam ter arranjado o casamento do rapaz com a esposa Shubhangi Sinha, hoje com 31 anos, em 2016, com o desejo de “um neto com quem brincar” durante a velhice.

Cadê o neto?

O neto, porém, ainda não veio. Sanjiv lamenta:

“Meu filho está casado há seis anos, mas eles ainda não estão planejando ter um bebê. Se pelo menos tivermos um neto para passar o tempo, o nosso sofrimento será suportável”.

Segundo o advogado do casal, Sanjiv e Sadhana estão agora exigindo do filho uma compensação no valor de cerca de 650 mil dólares (em torno de 3,3 milhões de reais) caso ele não lhes dê um neto dentro de um ano. A exigência, complementa o advogado, se justifica “por causa da crueldade mental”:

“Todos os pais têm o sonho de virar avós. Eles esperam há anos para se tornar avós”.

A ação do casal indiano contra o próprio filho por não lhes dar um neto foi apresentada como “assédio mental” e será analisada por um tribunal neste próximo 17 de maio. Segundo a imprensa, Shrey Sagar e sua esposa não foram encontrados para comentar o caso.

Avós e netos na fé católica

A maioria das culturas do mundo costuma ter apreço pelos netos – graças a Deus!

No catolicismo, evidentemente, não é diferente: filhos, netos, sobrinhos, enfim, crianças em geral, são sempre vistas como um dom imenso e gratuito de Deus, a ser protegido e amado desde a concepção.

Entretanto, ter um neto não é um “direito” que possa ser exigido. Filhos, netos, bisnetos e todas as demais gerações de descendentes são um presente de Deus.

A Igreja Católica exorta os esposos a se manterem abertos ao dom da vida, mas, nos casos em que os cônjuges não conseguem ter filhos apesar de querê-los, não os vê de forma alguma como inferiores a um casal agraciado com a paternidade e a maternidade.

A Igreja também é clara ao orientar os cônjuges a não recorrerem a recursos artificiais para evitar a concepção, mas sim a exercerem uma paternidade responsável e consciente, servindo-se de métodos naturais de planejamento familiar.

Os pais dos cônjuges têm todo o direito de manifestar a eles o desejo de ter um neto – mas não têm o direito de “exigi-lo” como se fosse uma dívida dos filhos.

Tags:
CasamentoFamíliaFilhos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia