Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 05 Julho |
Santo Atanásio do Monte Athos
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

A sua mãe chamou a polícia quando ela foi para o convento; hoje o seu trabalho é famoso

paola.png

©YouTube:Arturo Turina

Gelsomino Del Guercio - publicado em 20/05/22

A história da Irmã Paola D'Auria é tempestuosa, mas hoje ela é reconhecida em toda a Itália pelo seu trabalho caritativo

A história vocacional da Irmã Paola D’Auria é no mínimo tempestuosa, incluindo a intervenção da polícia. Hoje, ela é famosa em toda a Itália, tanto pelo seu trabalho caritativo como por aparecer regularmente num programa de entretenimento desportivo televisivo há 12 anos, expressando o seu apoio entusiástico a um clube de futebol romano, o Lazio. Este último fato pode parecer deslocado a algumas pessoas, mas ajudou a dar-lhe uma plataforma para falar sobre a vida cristã.

A “história da origem” da Irmã Paola

Num programa de televisão italiano chamado “Hoje é um outro dia” (“Oggi è un altro giorno”), Ir. Paola revisitou recentemente as etapas da sua vida que a levaram a tornar-se religiosa. O jornal Il Sussidiario partilhou algumas das suas palavras nessa ocasião.

“A minha mãe enviou-me para estudar em Roma”, relata a Ir. Paola. “A certa altura, tive este desejo [de me tornar uma religiosa] porque estava a estudar com as religiosas. Um dia vi-as a correr para cima e para baixo das escadas, muito nervosas porque a superiora estava a chegar. Ela era uma mulher pequena, que tinha deixado o seu país, a Eslovénia, porque os comunistas tinham fechado todas as casas das irmãs. Quando vi isto e vi a sua humildade, decidi tornar-me uma religiosa”.

Vestida de noiva

Quando se tornou freira, na altura da profissão dos votos, foi difícil para a Ir. Paola devido à falta de apoio da sua família. “Vesti-me como uma noiva”, diz ela, como é tradição em algumas comunidades religiosas; fazer os votos religiosos é visto como se tornar uma noiva espiritual de Cristo.

Naquele momento de alegria, ela estava sozinha. “Havia familiares de todas as raparigas que estavam a se tornar irmãs, mas eu não tinha ninguém comigo. Eu estava tão triste. Entrei na igreja e depois de toda a cerimónia, recebi o telefonema da polícia.

A mãe da Ir. Paola, que se opunha à sua vocação e não pensava que a sua filha fosse adequada à vida religiosa, não só não tinha lá estado para a apoiar como tinha ido à polícia e denunciado as religiosas, acusando-as de manterem a sua filha contra a sua vontade.

“A polícia veio buscar-me, porque eu tinha 20 anos de idade e era menor na altura”, explica a Ir. Paola. A certa altura, a sua mãe foi até protestar fora do convento, atirando pedras às janelas.

Ir. Paola contou à sua entrevistadora de TV, Serena Bertone:

“Com as irmãs, fui ao tribunal para os julgamentos pertinentes. Nesses corredores encontrei alguns jovens que iriam ser interrogados pelo juiz e eles apontaram para mim, perguntando-me o que tinha feito para lá estar. Eu, ainda noviça, tinha medo daqueles a quem estava chamada a ajudar. Este fato colocou-me em crise e, após a minha profissão de votos, tentei imediatamente ir visitar os reclusos na prisão Regina Coeli, em Roma.”

Vocação

Felizmente, a Ir. Paola perseverou na sua vocação. Ela passou a dar testemunho publicamente através da sua presença nos meios de comunicação social, o que chamou a atenção não só para o seu entusiasmo pelo esporte, mas também para o seu extenso trabalho com os pobres. Numa entrevista ao repórter Roberto Zichittella, de Famiglia Cristiana, ela descreveu como cumpre a sua missão:

“De manhã ensino as crianças na escola do Sagrado Coração (…). Depois tomo conta de três abrigos. Um alberga mulheres vítimas de violência, outro alberga crianças e adolescentes solitários, o terceiro trabalha como centro de idosos durante o dia, enquanto à noite se transforma numa sopa dos pobres. Além disso, sou voluntário quase todos os dias na prisão Regina Coeli, enquanto todos os domingos vou com o camião de solidariedade à periferia de Roma para distribuir comida e roupa às pessoas mais necessitadas.”

Reconhecimento

O seu trabalho teve um tal impacto que lhe foi concedida a Ordem de Mérito da República Italiana, numa cerimónia a 2 de Junho de 2021, à qual o Presidente de Itália presidiu. Ela respondeu à notícia com humildade e bom humor. Famiglia Cristiana relatou na altura que, quando lhe foi dada a notícia por telefone, ela respondeu: “O que significa isto? Estão a fazer de mim um cavaleiro? Vão me dar um cavalo? Eu faço coisas muito normais que toda a gente faz…”

Mais do que nunca, o mundo precisa do testemunho de servos dedicados de Deus que podem usar os meios de comunicação social para divulgar o Evangelho, tanto direta como indiretamente. Pode ser difícil para os pais aceitarem quando um dos seus filhos deseja abraçar uma vocação religiosa, mas como a Ir. Paola nos mostra, esse sacrifício pode levar a um impacto positivo que nunca teríamos imaginado.

Tags:
Igreja CatólicaReligiososVocação
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia