Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 09 Dezembro |
São Cipriano de Genouillac
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

O que o cheiro do bebê provoca na nova mãe

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
NEONATO, MAMMA,

BAZA Production | Shutterstock

Silvia Lucchetti - publicado em 20/05/22

Um estudo recente mostrou que o cheirinho do bebê não desperta apenas a sensação de prazer na mãe

Em 2015, uma equipe de pesquisadores israelenses do Weizmann Instituto de Ciências publicou os resultados de um estudo sobre sinais sócio-químicos no comportamento humano, no qual identificaram uma molécula que caracteriza o cheiro de recém-nascidos: a hexadecanal (HEX). O assunto foi explicado com mais detalhes no jornal italiano Focus, em março de 2022.

O cheiro característico dos bebês nas primeiras 6 semanas de vida

De acordo com a publicação, os recém-nascidos emitem um cheiro característico que permanece durante as primeiras seis semanas de vida devido à presença de várias moléculas – algumas das quais vêm do líquido amniótico e do vérnix caseoso, a substância esbranquiçada que cobre o feto e protege sua pele durante a gestação.

Mesmo que o bebê seja lavado assim que chega ao mundo, estas substâncias permanecem na pele e no cabelo dele.

O estudo

Os pesquisadores registraram impressões e dados de ressonância magnética funcional em voluntários de ambos os sexos que cheiraram um óleo contendo a molécula HEX, em comparação com um grupo que havia cheirado o mesmo óleo, mas sem adições.

Todos os participantes foram, então, convidados a assustar outras pessoas, fazendo ruídos altos para testar seu nível de agressão. Os homens que haviam inalado o HEX mostraram menos “barulho” do que aqueles que haviam inalado apenas o óleo, enquanto o oposto ocorreu exatamente entre as mulheres.

Como explicar o resultado?

Os cientistas têm centrado suas hipóteses no que acontece no reino animal, onde a agressividade dos machos é, muitas vezes, dirigida aos recém-nascidos, enquanto as mães fazem de tudo para protegê-los do perigo.

Agressividade nas mulheres

Portanto, a resposta diferente ao HEX nos dois sexos poderia responder à necessidade de aumentar as chances de sobrevivência dos filhos: graças ao seu odor, os pais se tornariam menos agressivos e as mães mais combativas para proteger a vida de sua prole.

O estudo também mostrou que o cérebro percebe esta molécula mesmo na ausência dos bulbos olfativos. Isso sublinharia a importância desta molécula para o propósito de sobrevivência.

Os autores reconhecem que mais estudos são necessários para confirmar essas descobertas, especialmente a hipótese de conexão com a criança. Embora as evidências pareçam fortes, “ainda falta verificar experimentalmente” se outros produtos químicos além do HEX podem estar envolvidos.

O efeito do cheiro de recém-nascidos sobre as mães

Outros estudos se concentraram mais especificamente no efeito que o cheiro do recém-nascido causa nas mães, com a hipótese de que ele é capaz de estimular os circuitos de prazer de forma semelhante às drogas.

Para estudar esta hipótese, os pesquisadores mediram a atividade cerebral de 30 mulheres, das quais 15 eram mães recentes, enquanto elas cheiravam o odor quimicamente extraído das roupas dos recém-nascidos. A atividade cerebral revelou o estímulo de áreas de prazer em todas as participantes. Entretanto, de acordo com a ideia de que esta substância é importante para as mulheres com bebês, a ativação foi maior naquelas que haviam dado à luz recentemente.

A importância dos odores

Geralmente, os odores corporais são vistos sob uma luz negativa. Fazemos tudo o que podemos – gastando muito dinheiro todos os dias – para camuflá-los ou eliminá-los.

Entretanto, os estudos acima mostram como os odores, pelo menos na relação entre pais (especialmente mães) e recém-nascidos, podem ser tão importantes quanto os estímulos visuais e auditivos, aos quais muitas vezes é dada maior prioridade.

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
BebêsCiênciaFilhosMaternidade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia