Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 01 Dezembro |
Bem-aventurada Maria Rosa de Jesus
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

A promessa que deu origem ao maior santuário de Santa Rita de Cássia do mundo

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
BRAZIL

santuariocassia.com.br

Ricardo Sanches - publicado em 22/05/22

Conheça a história de fé e devoção que motivou um empresário a construir um dos maiores santuários do mundo e doá-lo à Igreja Católica

Natural de Cássia, cidade de 18 mil habitantes no sul de Minas Gerais, Paulo Flávio de Melo Carvalho tem 74 anos e é um empreendedor bem-sucedido. Possui empresas no setor imobiliário, farmacêutico e de embalagens, com atuação em vários estados do Brasil e até fora do país.

Em entrevista à imprensa local, o empresário revelou que é muito devoto de Santa Rita de Cássia – uma devoção que ele herdou da mãe. Disse ele:

“A minha mãe era muito devota de Santa Rita, rezava o terço e virou uma grande amiga de Santa Rita. Eu a admirava por essa devoção. Então, eu fui me acostumando com aquilo e Santa Rita virou a minha santa preferida, ao lado de Nossa Senhora Aparecida e Jesus”.

E foi de uma promessa (que o empresário chama de “troca”) que surgiu a ideia de homenagear a santa das causas impossíveis.

“Eu queria deixar um legado para o planeta, mas não sabia qual. Quando eu completei 60 anos de idade, aquela ideia ficava me cutucando na cabeça. Foi aí que eu pensei: eu sou tão devoto de Santa Rita, então vou fazer um santuário para ela. Mas eu fiz uma troca com a santa. Eu falei: ‘Se eu chegar aos 60 anos de idade e tiver saúde, eu vou construir o santuário’. E isso acabou acontecendo”, revela Paulo Flávio.

Paulo Flávio Melo de Carvalho, o idealizador do maior santuário do mundo dedicado à Santa Rita de Cássia
Empresário Paulo Flávio segura a imagem de Santa Rita de Cássia

Dessa “troca” surgiu o maior santuário do mundo dedicado à Santa Rita de Cássia, localizado na cidade natal do empresário. Mas, no início, ele não tinha noção do tamanho do empreendimento com que estava lidando. São cerca de 100 mil metros quadrados de edificações e capacidade para receber sete mil pessoas.

“Eu não sabia o tamanho do santuário que eu iria construir. Então eu comprei o terreno e depois nós fomos descobrir que o que eu queria fazer era um empreendimento gigantesco, como poucos no mundo”, afirmou.

O santuário e a economia

Estima-se que o investimento na construção do santuário de Santa Rita de Cássia tenha girado em torno de R$ 25 milhões. Ele foi doado pelo empresário à diocese de Guaxupé, MG, que ficará responsável por sua administração.

A ideia é que o santuário alavanque a economia da cidade e o turismo religioso.

“Eu poderia muito bem, com esse dinheiro, abrir uma empresa e gerar 500 empregos aqui na cidade, mas o santuário pode dar emprego para cinco ou seis mil pessoas. Vai ser um movimento gigantesco na cidade, que vai dar sustentabilidade para a cidade e para aqueles que querem ter seu ganha-pão”, afirmou o empresário.

Paulo Flávio ainda afirmou que já fez outra “troca” com Santa Rita de Cássia, mas ela só será revelada quando o empresário completar 80 anos.

Clique na galeria abaixo e veja como ficou o santuário.

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
BrasilDevoçãoigrejasSantosSantuários
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia